Modelo é revelado na versão GT Line com a missão de ser chamariz para o público jovem

Após apresentação inicial como carro-conceito e meses seguidos de flagras e especulações, o Kia Sonet 2020 finalmente vira realidade na Índia. Desenvolvido com a missão de ocupar a base do portfólio de SUVs da marca, o compacto estreia inicialmente no mercado indiano (onde será produzido), mas desde já deixa claro que terá alcance global e chegará aos mais variados países.

Como já adiantado, o modelo foi desenvolvido como uma espécie de versão Kia do Hyundai Venue, obedecendo à estratégia de equivalência já adotada pelos sul-coreanos em vários segmentos. Vem somar às mais de 6 opções que a Kia oferece em mercados internacionais - Stonic, Seltos, Sportage, Sorento, Mohave e Telluride - de modo a rivalizar com Ford EcoSport, Suzuki Vitara Brezza e os futuros Nissan Magnite e Renault Kiger.

Galeria: Kia Sonet 2020

No visual, as linhas são fiéis ao conceito e, segundo a Kia, foram fortemente influenciadas por elementos da cultura indiana. A marca destaca que o capô esculpido remete aos filhotes de elefante e, quando vistos de cima, os vincos se assemelham às presas do animal. Por sua vez, a grade traz a tradicional assinatura "nariz de tigre" e se assemelha aos lançamentos mais recentes da empresa.

A apresentação, em especial, contempla a variante GT Line, que se diferencia pela presença de elementos na cor vermelha e detalhes estéticos próprios. Em termos dimensionais, o comprimento restrito aos 4 metros rende vantagens tributárias e, consequentemente, faz o modelo chegar ao consumidor final com preços bem mais competitivos (os valores, porém, ainda não foram revelados).

Por dentro, a conectividade foi bastante explorada, com direito à versão mais moderna do sistema de entretenimento UVO, além de suporte para carregamento sem fio para celulares e, nas versões mais caras, sistema de internet a bordo. Há ainda sistema de som Bose com iluminação LED sincronizada aos embalos da música, bancos dianteiros ventilados, purificador de ar com sistema de proteção contra vírus, entre outros.

Kia Sonet 2020

O desenho do painel chama atenção pela semelhança com o Sorento de nova geração, especialmente no formato das saídas de ventilação e na posição da central multimídia (de 10,25 polegadas), ao lado do quadro de instrumentos (parcialmente digital, com tela de 4,2 polegadas). Há integração com Apple CarPlay e Android Auto, e funções como ligar o carro ou acionar o sistema de ar-condicionado à distância via smartphone.

Sob o capô, a lista de opções de motorização inclui um 1.2 aspirado, um 1.0 turbo e 1.5 turbodiesel. Dependendo do caso, o câmbio pode ser manual de 5 ou 6 marchas, automatizado de dupla embreagem e 7 marchas ou automático tradicional de 6 marchas.

Fotos: Divulgação

Fonte: Kia