Sem ser oferecido desde maio, versão específica para pessoas com deficiência não tem previsão de retorno

Os clientes que desejam comprar o Chevrolet Tracker na versão especial para pessoas com deficiência terão que esperar mais tempo. A General Motors enviou um comunicado para todos os seus concessionários, avisando que o Tracker PCD “R8U” seguirá com as vendas suspensas durante o mês de agosto e que não há previsão de quando a variante voltará a ser oferecida. A suspensão foi feita em maio.

Na ocasião, a marca dizia que era pela alta demanda e por causa da linha de produção com capacidade reduzida nos últimos meses. A fábrica em São Caetano do Sul (SP) está trabalhando com apenas um turno e montando somente o Tracker, de forma a evitar aglomerações e seguir as novas normas de segurança. Todas as fábricas da empresa no Brasil e Argentina estão operando dessa forma.

Galeria: Teste - Chevrolet Tracker LT 1.0T 2021

No comunicado, a GM diz que “continua suspensa a venda e a entrada de novos pedidos do Tracker na modalidade PCD”, além de dizer que é uma medida temporária. Porém, não há qualquer menção de quando as vendas devem ser retomadas, o que só deve acontecer quando a linha de produção voltar a ter mais turnos para conseguir atender a todos os pedidos, mesmo que com um prazo de entrega maior.

Mesmo com apenas uma linha de montagem, o Tracker segue bem no ranking de vendas. Foi o quarto carro mais vendido em julho e o segundo SUV compacto mais emplacado, perdendo apenas para o Volkswagen T-Cross (que disparou e foi o carro mais vendido do país justamente por conta da versão PCD). Cerca de 51% das 6.070 unidades emplacadas do GM foram por vendas diretas.

O Chevrolet Tracker para PCD custa R$ 69.990, para ficar no limite de R$ 70 mil e receber todas as isenções de impostas previstas em lei. Com as reduções, ele é vendido por R$ 56.870. O modelo é baseado na versão LT com motor 1.0 turbo de 116 cv e câmbio automático de 6 marchas. É equipado com seis airbags, câmera de ré, chave presencial, central multimídia e mais. Ele perdeu os itens do lote limitado de lançamento, que incluía rack de teto na cor prata, rodas de alumínio de 16” e retrovisores na cor do veículo.

Fotos: Motor1.com