Série especial remete ao F1 GTR que surpreendeu ao levar Le Mans para casa

A McLaren pode ser conhecida pelo supercarros como o Senna e o Speedtail, mas a marca fez sua reputação nas pistas. De fato, o McLaren F1 GTR (baseado no já supercarro F1) levou para casa uma surpreendente vitórias nas 24 Horas de Le Mans e a empresa decidiu celebrar isso com uma versão especial do 720S. 

O 720S Le Mans lembra o F2 GTR campeão, pilotado por Yannick Dalmas, JJ Lehto e Masanori Sekiya, com o número deles em alguns detalhes. O mais óbvio é a cor inspirada no passado, o Sarthe Grey, com o teto em preto brilhante e partes da carroceria em Ueno Grey na parte de baixo da carroceria - que lembra o Le Mans F1. No lugar do Sarthe Grey, os proprietários podem optar pelo McLaren Orange, cor que lembra uma série de modelos na história da marca.  

Um dos elementos mais estilosos do 720S Le Mans são as rodas LM-Style, prestando uma homenagem ao F1 GTR #51. Além disso, a série especial ganha uma entrada de ar no teto, um dos pontos mais reconhecíveis do F1, que leva ar mais frio ao motor. Um sistema reduz a altura da dianteira e melhora a dirigibilidade em velocidades mais altas. Bancos em fibra de carbono usam as cores McLaren Orange e Dove Grey, fazendo do Le Mans um belo McLaren 720S para as pistas. 

McLaren 720S Le Mans Edition
McLaren 720S Le Mans Edition
McLaren 720S Le Mans Edition

Aos que acham que ele não é especial o suficiente, ele pode ter a linha completa da MSO Defined e MSO Bespode. Com isso, ele ganha gaiola de proteção em titânio e cintos de segurança de seis pontos de competição, deixando o 720S Le Mans ainda mais pronto para os autódromos. 

A produção é limitada e disponível na Europa, sendo que o preço no reino unido é de 245 mil libras (ou mais de R$ 1.600.000). Serão apenas 50 unidades produzidas. 

Galeria: McLaren 720S Le Mans Special Edition