Ele destronou uma lenda, o F1

A McLaren tem um novo recordista. O protótipo de produção do Speedtail (ou XP2) atingiu a velocidade máxima de 403 km/h esta semana no campo de provas de Johnny Bohmer no Kennedy Space Center, na Flórida, já que ele não é um carro legalizado para as ruas nos Estados Unidos. Ele quebrou um recorde interno anterior, do icônico F1, com 386,4 km/h. 

Com o piloto-chefe da McLaren, Kenny Brack, ao volante, o Speedtail bateu o recorde 30 vezes em uma reta pavimentada de cerca de 5 km. Este teste conclui uma série que rodou o mundo nos últimos meses. Isso ainda incluiu testes na Espanha e na Alemanha

McLaren Speedtail Top Speed Run
McLaren Speedtail Top Speed Run

"Podemos dizer que o programa de testes de alta velocidade do Speedtail foi concluído em diversos locais e comprova sua extrema performance e excelência em engenharia", disse o CEO da McLaren Automotive, Mike Flewitt. 

"O Speedtail é um carro extraordinário que mostra o espírito pioneiro da McLaren e ilustra perfeitamente nossa determinação em continuar a colocar novos parâmetros para supercarros e hipercarros. 

Galeria: McLaren Speedtail

Com 1.070 cv e 117,3 kgfm de torque, o McLaren Speedtail usa um sistema híbrido com o 4.0 V8 biturbo e um motor elétrico. Com esse conjunto, ele chega aos 300 km/h em menos de 13 segundos e atinga a máxima de 403 km/h - e deve ter uma aceleração de 0 a 100 km/h na faixa dos 2,5 segundos. 

As entregas do McLaren Speedtail começam em fevereiro de 2020. A marca produzirá apenas 106 unidades para venda global, com cada uma custando cerca de 1.970.000 euros...e todos já foram vendidos.