Mas o esperado SUV não será mostrado antes de 2022

A Ferrari teve um 2019 bem ocupado, com o lançamento de cinco novos carros. Depois do Roma, SF90 Stradale, F8 Tributo, F8 Spider e 812 GTS apresentados no ano passado, o pessoal de Maranello está preparando mais duas estreias para o 2º semestre de 2020. O anúncio foi feito por Enrico Galliera, chefe de marketing da Ferrari, em entrevista à Autocar.

Ele obviamente se recusou a revelar a identidade destes carros, apenas dizendo que serão dois modelos que permitirão à Ferrari alcançar mercados que ela não participa, como parte do objetivo da empresa de ampliar sua base de clientes. Isso significa que estes carros serão adições à linha, ao invés de versões atualizadas ou substitutos dos modelos atuais.

Galliera fez uma declaração bem interessante sobre como a Ferrari irá trabalhar com o mercado de luxo nos próximos anos:

“Potencialmente, todos os segmentos são interessantes para nós, com a condição de que a Ferrari está no mercado dos esportivos de luxo. Nós queremos entrar em todos os mercados em que podemos entregar um carro que mantenha nossa posição como uma firma de automóveis de luxo. Nós temos certas limitações conectadas à esportividade de um carro: a Ferrari é uma fabricante de esportivos.”

Voltando aos dois carros prometidos para 2020, o tão esperado SUV Purosangue com certeza não é um deles, pois ele está marcado para 2022. Também podemos descartar um novo hipercarro como sucessor do LaFerrari, que está programado para ser lançado após o crossover. Os rumores sobre a volta do Dino, como um modelo de entrada com motor V6, também não está na agenda da marca a curto-prazo.

Um dos carros marcados para este ano pode ser o SF90 Stradale Spider, como sugerem os flagras do carro postadas por um membro do fórum FerrariChat no começo desta semana. Mas não fazemos ideia de qual será o segundo modelo, embora possa ser um novo híbrido abaixo do SF90. No começo do ano, vimos fotos de uma mula de testes com a carroceria do 488, mas com adesivos de aviso de alta-voltagem, obrigatórios nos protótipos de híbridos e elétricos.

Teremos que esperar mais um pouco para ver o que a Ferrari prepara para 2020, porém parece que o portfólio da marca está crescendo rapidamente.

Fonte: Autocar