Terceira geração chegará às lojas até março

Confirmada pela General Motors para o Brasil nesta semana, a nova geração do Chevrolet Tracker agora teve seus desenhos registrados junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). As imagens confirmam que o design será exatamente o mesmo da versão já comercializada na China, a exemplo da estratégia já vista no Onix Plus - lançado primeiro lá e depois por aqui.

A chegada às lojas acontecerá no primeiro trimestre (ou seja, até março) e a expectativa é que o modelo tenha preços agressivos e volume suficiente para brigar por uma posição de destaque no segmento. A partir de agora, a produção será concentrada em São Caetano do Sul (SP) e o SUV finalmente se livrará das (antigas) limitações de vir importado do México.

Galeria: Novo Chevrolet Tracker - INPI

"Será o primeiro SUV compacto da Chevrolet produzido no Brasil. Chegará às concessionárias até o fim do primeiro trimestre deste ano com conceitos tecnológicos inovadores relacionados à conectividade, segurança e eficiência energética”, disse recentemente Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul.

Detalhes sobre a lista de equipamentos de cada versão ainda são desconhecidos, mas desde já podemos adiantar a presença de central multimídia com conexão 4G Wi-Fi - a mesma que já equipa modelos como Cruze reestilizado e a nova geração do Onix. A tecnologia será um dos principais diferenciais do modelo diante dos concorrentes diretos.

Outra informação já dada como certa é o uso do motor 1.0 turbo de três cilindros do Onix, com potência de 116 cv e torque de 16,8 kgfm. O câmbio poderá ser manual ou automático, sempre com 6 marchas. Além disso, há grande expectativa em torno do motor 1.2 turbo com injeção direta (também de 3 cilindros), que deve ser usado na versão topo de linha Premier com potência na casa dos 140 cv. No exterior, como no México, este propulsor é usado também pelo Onix Plus, mas com potência de 130 cv. O câmbio neste caso será sempre automático.

Preços ainda são uma incógnita, mas estima-se algo na casa dos R$ 75.000 para as versões de entrada. Desde já a Chevrolet faz estoque do novo SUV para que as concessionárias estejam abastecidas no lançamento.  

Fonte: INPI

Galeria: Chevrolet Tracker 2020