Com porte médio, modelo está confirmado para o Brasil e chega em 2021

Pouco depois de Motor1.com publicar as primeiras imagens da futura picape média da Peugeot, o site Argentina Autoblog recebeu imagens do modelo anti-Hilux rodando praticamente sem camuflagem pelo Chile e revelando como será a sua frente. Ela será apresentada oficialmente em março de 2020 e já está confirmada para o Brasil, desembarcando por aqui em 2021.

Galeria: Picape Peugeot - Flagra sem camuflagem

Revelada até agora apenas na versão da chinesa Changan (parceira de projeto), com o nome de Kaicheng F70, a picape média da Peugeot aparece escondendo apenas o logotipo do leão na nova grade frontal. Um detalhe exclusivo da versão francesa são as duas faixas em LED na parte de baixo dos faróis, imitando as presas de um leão - algo que a marca vem usando em outros carros, como o novo 208. No caso da picape é mais discreto, acompanhando a entrada de ar frontal.

Como a grade é menor, o para-choque dianteiro foi redesenhado para deixar uma área maior para a placa. A área dos faróis de neblina está diferente, um pouco mais larga, aproveitando o espaço liberado com a mudança da grade. Outra diferença está na ausência da placa anti-derrapante em cinza na parte de baixo do para-choque.

Galeria: Changan Kaicheng F70

As outras fotos mostram que a picape da Peugeot será bem próxima do modelo chinês, com lanternas semelhantes, além do mesmo desenho interno. Falta o santo-antônio da variante asiática, item que deve ser oferecido nas versões mais caras ou como acessório. Ainda não temos uma imagem do interior, mas podemos ver que terá central multimídia com tela flutuante. Não deve fugir muito do estilo visto na Kaicheng F70, que já tem cabine típica da Peugeot.

A única duvida técnica sobre a picape é qual será sua motorização. Nossas fontes dizem que terá um motor da marca, descartando a possibilidade de vir com a mesma mecânica que a versão chinesa. O mais provável é que traga o 2.0 BlueHDi de 180 cv, em conjunto com um câmbio automático e com tração 4x4.

A venda no Brasil já foi confirmada pela Peugeot durante a Fenatran. Jan-Philippe Imparato, CEO da marca, revelou ao Motor1.com que ela foi desenvolvida usando ao Toyota Hilux como exemplo e que será lançada primeiro na América Latina – chegando ao Brasil meses depois.