Versão tem autonomia de 900 km e promete fazer até 62,5 km/litro

O Volkswagen Golf GTE demorou, mas chegou. Porta de entrada da marca no mundo dos carros eletrificados, o modelo chega apostando em uma motorização híbrida do tipo plug-in (que liga na tomada para recarregar a bateria) para fazer até 62,5 km/litro. Embora seja uma bela novidade no Brasil, o lançamento demorou tanto que a nova geração do hatch médio está para começar a ser vendida na Europa. Por aqui o Golf GTE custará R$ 199.990, valor bem acima dos R$ 151.530 cobrados pelo GTI. As vendas online começam a partir de 11 de novembro.

Galeria: VW Golf GTE - Brasil

Primeiro dos seis modelos eletrificados prometidos pela marca até 2023, o Volkswagen Golf GTE é equipado com motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm, abastecido apenas com gasolina. Trabalha em conjunto a um propulsor elétrico de 102 cv e 33,6 kgfm e ao câmbio automatizado de dupla embreagem e 6 marchas. No total, são 204 cv de potência combinada e torque máximo de 35,7 kgfm. A autonomia total, combinando o modo elétrico e o motor a combustão, fica na casa dos 900 km.

Por ser um híbrido plug-in, o hatch é capaz de rodar por 50 km usando apenas a carga nas baterias, a uma velocidade de até 130 km/h. A recarga pode ser feita com uma tomada comum com adaptador, que leva 3 horas e 45 minutos. Com um wallbox de 2,7 kW, o tempo cai para 2 horas e 15 minutos. Como é mais antigo, ele usa um conector Tipo 2 sem o plugue para recarga rápida com corrente alternada.

VW Golf GTE - Brasil
VW Golf GTE - Brasil

Virá de série com o painel de instrumentos digital Active Info Display, controle de cruzeiro adaptativo, sete airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelho para o motorista), iluminação diurna em LED, rodas de liga leve de 16", controle de estabilidade e tração, central multimídia Discover Media Pro com tela de 9,2” e mais. 

As vendas serão feitas em apenas três concessionárias: Caraigá (São Paulo/SP) Brasal (Brasília/DF) e Servopa (Curitiba/PR). O Volkswagen Golf GTE terá apenas 100 unidades, somente na cor azul Atlantic (da imagem de destaque). Quem preferir esperar pela nova geração terá que aguardar por um bom tempo, pois ela deve chegar apenas em 2021.

Reportagem e fotos: Leonardo Fortunatti