Lembra da Dodge Dakota? Então...

O mercado norte-americano de picapes tem uma nova tendência. Indo contra a onda de crescimento dos modelos, a chegada de Ford Ranger, Jeep Gladiator (derivada do Wrangler) e da globalização da próxima geração da Chevrolet S10/Colorado abriu as portas para as picapes médias no mercado local e, lógico, o apetite dos executivos das fabricantes.

A FCA (Fiat Chysler Automobiles) está feliz com o desempenho da Gladiator, mas já olha com carinho para mais modelos neste segmento. Não é para já, mas o grupo estuda colocar uma picape média no portfólio da sua marca de picapes, a Ram, e tem conhecimento para trabalhar nesta área. Lembra da Dodge Dakota?

Nos tempos em que a Dodge ainda detinha a Ram como modelo, a Dakota era a opção menor, do segmento médio. Foi produzida no Brasil (em Campo Largo, Paraná) de 1998 a 2001 e concorreu com Chevrolet S10, Ford Ranger e Toyota Hilux. Nos Estados Unidos, sua vida foi ainda mais longa, de 1987 a 2011.

Galeria: Já dirigimos: Jeep Gladiator 2020

Voltando ao que poderá ser a picape média da Ram, agora uma marca dentro do grupo FCA, podemos jogar no ar que ela poderá usar a base da Gladiator, a picape do Wrangler. Está pronta e usa a arquitetura de chassi separado da carroceria. É equipada com motor V6 3.6 aspirado de 285 cv e, dentro da família Ram, há ainda o que chamam de Etorque, um motor elétrico para o chamado híbrido leve, de modo a ajudar o motor a combustão. Também existe o 3.6 V6 turbodiesel EcoDiesel com 260 cv, mas por enquanto são apenas possibilidades que a FCA tem na prateleira enquanto não confirmam o projeto.