Lançado em fevereiro por R$ 106.990, SUV agora é anunciado por R$ 94.990

Ao contrário da grande maioria dos veículos à venda no mercado brasileiro, que acumulam sucessivos aumentos de preço logo nos meses seguintes ao lançamento, o CAOA Chery Tiggo 7 ficou consideravelmente mais barato desde que chegou às concessionárias.

Lançado oficialmente em fevereiro nas versões T e TXS, o SUV custava R$ 106.990 e R$ 116.990, respectivamente. Agora, o próprio site da montadora confirma a concessão de descontos e anuncia a versão de entrada por R$ 94.990 - redução de R$ 12.000 em 9 meses. Na página, a variante topo de linha ainda é ofertada pelo mesmo valor, mas em anúncios promocionais de concessionárias é possível achá-la com até R$ 2.000 de desconto.

Galeria: Chery Tiggo 7

A explicação para a aplicação de descontos tão generosos deve estar diretamente relacionada ao desempenho em vendas abaixo do esperado. Quando lançou o modelo em fevereiro, a Caoa Chery programava emplacar mensalmente 400 unidades e marcar posição no segmento com certo nível de competitividade diante de outros rivais. Na prática, porém, a média mensal de emplacamentos não chega a 200 unidades, sendo julho o melhor mês até gora (305 exemplares). No acumulado de fevereiro a setembro, foram entregues 1.312 unidades - cifra que o Jeep Compass, um dos principais concorrentes, vende em apenas uma semana.

As duas versões se diferenciam basicamente pelo conteúdo. A T vem de série com rodas de liga aro 17", controle de estabilidade, chave presencial, ar digital com saída traseira, multimídia com tela de 9" e Apple CarPlay, freio de estacionamento elétrico e luzes diurnas de LED. Por sua vez, a TXS adiciona rodas aro 18", ar digital de duas zonas, teto-solar panorâmico, banco do motorista com ajustes elétricos e bancos dianteiros com aquecimento, além dos airbags laterais e de cortina, totalizando seis bolsas infláveis.

Na mecânica, ambos os acabamentos dividem exatamente o mesmo conjunto: motor 1.5 turboflex de 147/150 cv de potência e 21,4 kgfm de torque, sempre com câmbio de dupla embreagem e 6 marchas. A tração é somente dianteira.

Fotos: Divulgação