Diferente do modelo brasileiro, crossover terá pegada urbana e ficará posicionado entre Tracker e Equinox

Existem dois Chevrolet Trailblazer no mercado. Um deles nós conhecemos bem, baseado na picape S10, com construção chassi/carroceria e que é produzido em São José dos Campos (SP). Já o outro é um modelo novo, feito na China e que será oferecido em outros países como os Estados Unidos, com proposta urbana. Ele acaba de ser lançado no oriente, com preços entre R$ 139.900 e 179.900 yuan (aproximadamente R$ 81,3 mil a R$ 104,6 mil).

Chevrolet Trailblazer RS 2020 (China)

Apresentado em abril, durante o Salão de Xangai (China), o novo Chevrolet Trailblazer fez sua estreia ao lado da nova geração do Tracker. É um dos primeiros carros a utiliza a nova plataforma VSS, feita para países desenvolvidos. Tem medidas bem diferentes do nosso, com 4,41 metros de comprimento, 1,80 m de largura, 1,66 m de altura e 2,64 m de entre-eixos. É o mesmo comprimento que o Jeep Compass, enquanto o entre-eixos é 1 centímetro maior.

Seu motor é o 1.3 Ecotec turbo, o mesmo do novo Tracker chinês, entregando 165 cv a 5.600 rpm e 24,4 kgfm de torque entre 1.500 e 4.000 rpm. Serão duas opções de transmissão. As versões mais baratas terão um CVT, acelerando de 0 a 100 km/h em 9,1 segundos e entrega um rendimento médio de 16,9 km/litro. Já o modelo topo de linha adota o câmbio automático de 9 marchas, com tração integral, aumentando a aceleração até 100 km/h em 9,3 segundos e com um consumo de 14,9 km/litro.

Chevrolet Trailblazer 2020

Entre os equipamentos de série estão farol alto automático, alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência, assistente de permanência em faixa, alerta de ponto cego e mais. A central multimídia tem suporte para Apple CarPlay e Baidu CarLife (já que a Google não opera no país), além de entrada USB tipo C.