Esportivo supera Aventador SJV, com 819 cv de potência

A Lamborghini não quis esperar pelo Salão de Frankfurt (Alemanha) e já apresenta o Sian, seu primeiro carro eletrificado, que também é o mais potente já feito pela fabricante. O esportivo continua a usar o motor V12, mas adota um sistema híbrido-leve de 48V para gerar uma potência a mais nas acelerações, com um total de 819 cv, superando o Aventador SVJ de 780 cv.

Galeria: Lamborghini Sian

Enquanto a potência é maior do que a do SVJ, seu desempenho não muda tanto assim na aceleração, pois ambos precisam de 2,8 segundos para chegar aos 100 km/h e tem velocidade máxima limitada eletronicamente em 350 km/h. A diferença aparece em alguns momentos específicos da aceleração. O tempo entre 30 a 60 km/h é 0,2 segundo menor, enquanto precisa de 1,2 segundo menos de 70 a 120 km/h em comparação ao SVJ.

Este desempenho é entregue pelo motor 6.5 V12 aspirado de 785 cv a 8.500 rpm. O sistema híbrido de 48V entrega mais 34 cv nas acelerações, totalizando 819 cv. A fabricante não divulgou o torque. Toda essa força é transmitida para as rodas pela transmissão automática de 7 marchas. Ainda tem um sistema de tração integral controlado eletronicamente, com um diferencial blocante mecânico no eixo traseiro.

Em termos de design, o Lamborghini Sian busca inspiração no conceito Terzo Millenio. Enquanto não é tão dramático quanto o protótipo, ele tem linhas bem agressivas e proporções perfeitas para um superesportivo. Olhe para a traseira e irá encontrar lanternas em LED com seis elementos hexagonais, que casam muito bem com as saídas de escape com o mesmo formato.

E se você está pensando o que significa o emblema "63" na traseira, ele indica a quantidade de exemplares que serão produzidos pela Lamborghini. Apenas 63 clientes muito sortudos terão a chance de ter um Sian na garagem, pagando um preço a partir de US$ 3,6 milhões (cerca de R$ 15 milhões), que podem ser personalizados de acordo ao gosto do comprador.

Fonte: Lamborghini