Esportivo tem autonomia de 322 km e chega aos 96 km/h em menos de 4 segundos.

A Ford está trabalhando em um crossover elétrico baseado no Mustang (que será revelado ainda em 2019), algo que deixou muitos fãs do esportivo bem nervosos. Quem prefere um visual clássico para o cupê, existirá o Ford Mustang EV feito pelos britânicos da Charge Cars, e que será demonstrado no Festival de Goodwood deste ano.

Para começar, os carros feitos pela Charge Cars são licenciados, então eles não estão adaptando (ou destruindo, pelas palavras dos puristas) um Mustang da década de 1960, e sim produzindo a carroceria com o aval da Ford. Ao invés de trazer o famoso V8 sob o capô, cada roda possui um motor elétrico, então é um esportivo de tração nas quatro rodas. No total, este motores produzem 544 cv e 122,3 kgfm de torque. Um conjunto de baterias de 64 kWh fornece energia para o sistema.

Com toda essa potência, a Charge Cars diz que o Mustang elétrico chega a 96 km/h em menos de 4 segundos e tem velocidade máxima de 240 km/h. A autonomia estimada é de 322 km.

Por fora, o Mustang elétrico traz uma versão mais agressiva do visual clássico, com elementos como o formato do capô, a grade estendida até o para-choque e o spoiler esculpido na tampa do porta-malas. O vídeo abaixo mostra melhor como é o carro e também o lado de dentro, onde traz um tablet enorme no console central. O display deixa o motorista controlar coisas como alternar a tração entre traseira e integral, ou selecionar o modo da suspensão.

'

A Charge Cars produzirá somente 499 unidades do Mustang elétrico. Os preços começam em 300 mil libras (aproximadamente R$ 1,45 milhão). Sim, é muito caro até para os padrões da Europa. E a fabricante ainda diz que pretende oferecer uma versão conversível no conceito, que deve custar ainda mais.

Fonte: Charge Cars

Ocultar press releaseMostrar press release

British start-up Charge Cars is proud to debut its fully electric Mustang at this year’s Goodwood Festival of Speed.

The prototype vehicle will be on display in the Michelin Supercar Paddock – which hosts the most advanced cars in the world.

Goodwood Festival of Speed will be the first time the vehicle has been officially displayed, marking its global launch to the industry and public.

Vadim Shagaleev, CEO of Charge Cars, comments: “We are extremely proud to be partnering with Michelin to unveil our fully electric Mustang at the Goodwood Festival of Speed; one of the biggest, most exciting motorsport events in the world. Our fully electric Mustang is built not only on cutting edge technology and expertise, but immense passion – from our love of preserving iconic design to our belief in an emission-free future”

The Charge vehicle is built using officially licensed Ford Mustang shells from the 1960s, with components supplied by EV technology company Arrival. Only 499 versions of the classic redesign will be built, with prices starting from £300,000.

The fully electric Mustang features:

·        Four-wheel drive (with independent wheel control) 4-IWD

·        V-max speed: 240 kph / 149 mph

·        0 - 60mph: under 3.99 sec

·        Range: 200 mi

·        Motor torque: 1200 Nm

·        Wheel torque: 7500 Nm

·        Peak Power: 400 kW

·        Battery capacity: 64 kWh

·        DC charging: 50 kW

Peter Shaw from Michelin UK, who worked with Charge on tyre selection, said: “The torque produced is phenomenal, but that’s all wasted if power isn’t transmitted to the road properly. The Michelin Pilot Sport Cup 2 tyres allow the driver to make the most of the technology and the set up and the feedback they give is second to none. This has been a really exciting project – and the end result is stunning.”