Edição especial é baseada na versão Drive 1.0 e terá somente 1.500 unidades

A Fiat-Chrysler aproveitou a estreia da Seleção Brasileira de futebol na Copa América para iniciar as vendas do Fiat Argo Seleção, série limitada que presta homenagem à seleção brasileira de futebol e aproveita que a fabricante está patrocinando o time para usar seu nome em um carro. O modelo havia sido revelado no último dia 6, antes do amistoso entre Brasil e Catar. Com apenas 1.500 unidades, será vendido com motor 1.0 Firefly de 77 cv.

O Fiat Argo Seleção foi criado com base na versão Drive 1.0 do hatch, com lista de equipamentos semelhante. Traz ar-condicionado, chave canivete com telecomando, computador de bordo, direção elétrica, travas elétricas, vidros elétricos dianteiros, rodas de aço de 14” e volante com ajuste de altura. A edição especial ainda acrescenta a central multimídia com tela de 9” e volante multifuncional.

O que irá diferenciar o Argo Seleção das demais versões serão os emblemas na coluna B, os adesivos aplicados nas laterais e na tampa do porta-malas, os retrovisores laterais, grade inferior do para-choque com acabamento preto brilhante, calotas escurecidas e painel com acabamento escurecido. Ainda traz duas pinturas para escolher: Azul Portofino (mesma do HGT) e Amarelo Indianápolis (exclusiva da série), além das cores já disponíveis na linha normal do Argo.

Fiat Argo Seleção
Fiat Argo Seleção

A motorização não terá mudanças, usando o motor 1.0 Firefly de três cilindros, gerando 77 cv a 6.250 rpm e 10,9 kgfm a 3.250 rpm, somente com câmbio manual de 5 marchas. Terá garantia de cinco anos, um para cada Copa do Mundo que o Brasil conquistou, pela Garantia Especial Mopar. Os clientes ainda receberão um kit especial com uma bolsa da Nike com os logotipos da Fiat e da CBF.