Sedã recebe visual alinhado e nova central multimídia

Lançado em 2016, o Audi A4 recebe sua renovação de meia-vida. O sedã adota uma identidade visual mais próxima do novo A1, mudando os faróis e o estilo da grade e do para-choque, enquanto o interior recebeu uma tela de 10,1 polegadas para a multimídia. Para ficar alinhado aos planos de eletrificação da empresa, ganhou variantes com um sistema híbrido-leve. As mudanças foram aplicadas também à versão esportiva S4 e à perua A4 Avant.

É só olhar para o Audi A4 2020 para notar sua semelhança com o hatch A1. Os faróis redesenhados eliminam o degrau que havia no anterior e recebe pequenos retângulos em LED. A grade Singleframe também foi refeita, ficando mais longa na horizontal, enquanto o para-choque está com entradas de ar na vertical. A traseira recebeu lanternas com novo desenho interno.

Por dentro, o sedã passa uma primeira impressão de ter mudado, causada pela adoção de uma nova tela sensível ao toque de 10,1 polegadas para o sistema multimídia, com aquele estilo “flutuante” que virou moda. De resto, manteve todo o desenho e equipamentos da versão anterior.

A grande novidade para o Audi A4 reestilizado é a adição de modelos eletrificados na linha. Os mercados europeus receberão o sedã com seis opções de motorização turbo, com potências entre 150 cv e 347 cv, sendo que três delas contarão com um sistema híbrido-leve de 12V. O esportivo S4 ainda ganha uma versão com o motor 3.0 V6 turbodiesel de 347 cv, com um híbrido-leve de 48V, capaz de alcançar os 100 km/h em 4,8 segundos.

Audi A4 2020
Audi A4 2020

O Audi A4 2020 começará a ser vendido na Europa ainda neste mês, embora as entregas estejam marcadas para o 3º trimestre, com preço inicial de 35.900 euros (cerca de R$ 161,3 mil). A marca ainda não confirma quando o sedã renovado será vendido no Brasil, mas não deve ser antes do ano que vem.

Fotos: divulgação