Câmbio manual identificado pelo codinome c-530 equipava também alguns Peugeot

Fornecedores e sindicalistas ligados à Fiat na Argentina adiantam nesta semana que a marca encerrará em breve a produção de transmissões na fábrica de Ferreyra, província de Córdoba. Localizada ao lado da linha de montagem do Cronos, a unidade é responsável pela fabricação do chamado câmbio c-530, justamente a caixa manual que equipa o sedã. A decisão foi motivada pela falta de competitividade da operação e resultará na demissão de pelo menos 300 funcionários, que entrarão em um programa de desligamento voluntário.

Galeria: Fiat Cronos - Lançamento Brasil

Segundo a imprensa local, a Fiat fornecia transmissões para a Peugeot a partir desta unidade e garantia a viabilidade do negócio graças ao volume de produção gerado. No entanto, a parceria com a marca francesa foi encerrada há cerca de um ano e desde então a queda da demanda passou a afetar diretamente a rentabilidade das operações. Especialistas ligados à empresa afirmam que a capacidade de produção de 200 mil unidades há tempos não é alcançada e que apenas 35 mil componentes foram entregues.

Também pesam contra o negócio a carga tributária imposta pelo governo argentino e as dificuldades de exportação - estima-se que a Fiat perde US$ 500 a cada carro exportado, dada a elevada carga de impostos.

Fonte: Autoblog Argentina