Empresa deve anunciar aporte de R$ 10 bilhões, sendo que metade iria para São José dos Campos

Depois da bombástica notícia que a General Motors buscava formas de se manter na América Latina, a marca se prepara para divulgar o que pode ser a primeira boa notícia envolvendo as conversas e negociações com governo, fornecedores, sindicatos e associações. No dia 19 de março, Barry Angle (presidente da GM Américas) e Carlos Zarlenga (presidente GM América do Sul) se encontrarão com João Dória Jr., governador de São Paulo, para um "anúncio importante". 

Este anúncio tem grandes indícios de ser o investimento de R$ 10 bilhões que a marca prometeu para o período de 2020 a 2024, complementando os R$ 13 bilhões já investidos. Uma parte deste aporte irá para a fábrica em São José dos Campos, que fará a nova geração da S10. Este anúncio vem dias depois do governo de São Paulo anunciar desconto de até 25% no ICMS para as fabricantes que investirem mais de R$ 1 bilhão e crie mais de 400 empregos no estado.

Há quem diga que este acordo veio inicialmente para a GM, depois expandido para as demais principalmente após o anúncio do fechamento da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo. No estado de São Paulo, a GM tem linhas de produção em São Caetano do Sul e São José dos Campos.