O novo conceito da família I.D. mostra que os carros elétricos também podem ser divertidos

Quem já visitou o Nordeste brasileiro em férias sabe que eles estão espalhados por toda a parte. Transporte pé na areia muito utilizado para passeios em dunas. Já imaginou se fossem elétricos? Com sol praticamente durante todos os dias, seria uma ótima opção para recarregar as baterias. Ainda não sabemos se os bugues brasileiros equipados com motor de Fusca foram a inspiração para a Volkswagen, mas de qualquer forma, uma versão ultra-moderna do carrinho está virando realidade.

Construído sobre a plataforma MEB, específica para veículos elétricos, a Volkswagen divulga as primeiras imagens do I.D. Buggy Concept, um protótipo impressionante que com capacidade para dois ocupantes, mas que pode ser configurado como um 2 + 2.

Como qualquer bugue de respeito, nada de portas nem teto. E é exatamente assim este protótipo elétrico, que mostra uma personalidade mais descontraída e um pára-brisa praticamente vertical. Chama a atenção as barras traseiras (tipo Targa). Também podemos imaginar um capô de lona escondido em algum compartimento, para caso o tempo feche. 

Claro, a cabine é resistente às variações to tempo, assim como também a água e inclui toques atraentes de estilo, até mesmo na forma de bancos e sua cor verde, que também está na pintura externa.

Diversão com 204 cv de potência

O segredo do sucesso dos bugues no Brasil é o seu baixo peso, que junto a um motor extremamente robusto (porém fraco), consegue dar conta do recado. Nessa releitura moderna, as coisas são diferentes. Obviamente o I.D. Buggy é um carro bem mais pesado por conta da estrutura e das baterias. A solução para deixá-lo esperto o suficiente está na potência.

Equipado com uma bateria de 62 kWh de capacidade, a Volkswagen anuncia um sistema de propulsão com um motor elétrico que gera impressionantes 204 cv, localizado no eixo traseiro. Agora, dada a flexibilidade da plataforma, seria simples (e barato) incluir uma segunda unidade de energia, na extremidade dianteira, para fornecer o conjunto de um esquema de tração total.

Conceito do carrinho da identificação de Volkswagen

Com uma aceleração de 0 a 100 km/h ligeiramente superior a 7 segundos, tem uma autonomia de cerca de 250 quilômetros, número inferior ao declarado pelo I.D. e I.D. Buzz por conta da bateria menor.

Conceitualmente, para compensar a ausência da tração 4x4, a VW diz que o modelo tem uma generosa distância ao solo, pneus BF Goodrich All-Terrain TA, várias proteções ao longo de toda a carroceria e um gancho de reboque nos dois pára-choques.

Como todo conceito, é difícil saber se algum dia a VW irá efetivamente produzir o I.D. Buggy. Pensando no aproveitamento da energia solar como fonte de recarga, principalmente no Nordeste brasileiro, seria uma opção sensacional.

Obs: este post foi atualizado às 16h08 com fotos ao vivo do Salão de Genebra

Galeria: Volkswagen no Salão de Genebra 2019