Moto com estilo retrô tem motor de 31 cv e percorre 200 metros em 9,2 segundos

Apesar de ter sido substituída no Brasil pela CB250 Twister, a nova Honda CB300R teve seu desenho industrial registrado no Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (INPI), publicado nesta terça-feira (21). Apresentado no Salão de Milão do ano passado, o modelo aposta em um design que combina linhas retrôs com elementos futuristas. A Honda não confirmou oficialmente, mas registrar as patentes da novidade é um indicativo muito forte de seu lançamento por aqui.

 

Leia também:

A nova Honda CB300R utiliza um motor monocilíndrico de 286 cc, 3 válvulas, duplo comando DOHC e refrigeração líquida. É capaz de gerar 31 cv a 8.500 rpm e 2,75 kgfm de torque a 7.500 rpm, sempre com câmbio de 6 marchas. Os dados oficiais dizem que acelera de 0 a 200 metros em apenas 9,2 segundos e que tem um consumo médio de 30,2 km/l, o que dá uma autonomia de mais de 300 km.

Honda CB300R - INPI

Sua veia esportiva aparece em toda a mecânica. Traz um novo chassi feito de aço prensado e tubular, suspensão com garfos de 41 milímetros de diâmetro na traseira e monoamortecedor na traseira. Seu peso de 143 kg é distribuído em 49,6% na frente e 50,4% na traseira. Conta com freio a disco flutuante de 256 mm na frente e 220 mm na traseira.

Honda CB300R - INPI
Honda CB300R - INPI

Ela foi desenhada no estilo que a Honda chama de “Neo Sports Cafe”. Ela tem elementos no estilo das Cafe Racer, mais retrô, como o farol redondo, porém combina itens de motos mais atuais, como o uso de lâmpadas de LED para os faróis, lanternas e piscas, banco bipartido e painel digital – este último mostra velocímetro, conta-giros, nível de combustível e mais.

Galeria: Honda CB300R 2018