Modelo irá substituir Gol e Up! e deve usar versão mais barata da plataforma do Polo

Tanto o Volkswagen Gol quanto o Up! estão com os dias contados. A fabricante trabalha em um novo carro pequeno que ocupará a vaga de opção de entrada no nosso mercado. Embora já tivesse dito que faria um sucessor do Gol, a marca acabou confirmando novamente os planos durante a vinda de Herbert Diess, presidente mundial do grupo, para reuniões no Brasil. Este modelo faz parte do plano de 20 lançamentos até 2020.

Leia também:

Segundo o Valor Econômico, Diess ficou apenas um dia no Brasil e passou o tempo inteiro em reuniões com as equipes de desenvolvimento, diretores, gerentes, concessionários e representantes dos sindicatos para falar sobre o novo carro de entrada. A Volkswagen ainda não definiu se ele será produzido em São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP) ou São José dos Pinhais (PR) – a maior chance é por Taubaté, já que é a linha de produção do Up, Gol e Voyage. 

A Volkswagen ainda não divulgou muitos detalhes sobre este modelo. A única informação oficial que temos é baseada na apresentação que Pablo Di Si, presidente da marca no Brasil, fez na Argentina no ano passado. O slide mostra que haverá um sucessor para o Gol, chamado internamente de A00 – código que indica uma versão mais barata da plataforma MQB-A0 do Polo. Para desenvolver este carro, a VW irá complementar o investimento de R$ 7 bilhões anunciando anteriormente.

 

Este é mais um passo na estratégia da Volkswagen para voltar a lucrar na América do Sul, o que, de acordo com Diess, deve acontecer no ano que vem. O executivo explicou que a empresa estava no prejuízo desde 2013 e, com excesso de capacidade, até cogitaram fechar uma das fábricas na região.

Volkswagen - Lançamentos até 2020

Como será o novo Gol?

Há especulações de que pode até abandonar o nome Gol, já que a matriz alemã quer unificar os nomes de todos os seus carros globalmente. Isto ganha força pelo fato da Volkswagen ter chamado o modelo com o código A00 ao invés de apenas indicar que será uma nova geração do Gol. A fabricante já trabalha em uma versão simplificada da base MQB-A0 para a Índia, onde servirá de base para os modelos da Skoda. Como teria componentes comuns com Polo, Virtus e T-Cross, haverá ganho em escala, reduzindo o custo de produção.

Usando esta plataforma, o sucessor do Gol poderá ganhar em espaço interno ao mesmo tempo que reduz seu comprimento para menos de 4 metros, distanciando-se do Polo. E poderá pegar clientes de três segmentos. Além de ficar no lugar do Gol atual, ainda aposentará o Up! (atualmente vendido como um citycar premium) e do Fox (que deve sair de linha após a estreia do T-Cross).

Fonte: Valor Econômico

Galeria: Volkswagen Gol 1.6 MSI AT6 2019