Com a oitava geração do Golf próxima de ser revelada, versão esportiva deixa de ser vendida por não cumprir novas normas de emissões

No início de setembro, a Europa passará a utilizar uma nova norma de testes de emissões de poluentes, o Worldwide Harmonized Light Vehicle Test Procedure (WLTP). E isto já causa dor de cabeça para o Grupo Volkswagen, que está tendo que mexer em seus carros para conseguir cumprir as regras. O Golf R e o Seat Leon Cupra tiveram que perder 10 cv para se adequar ao WLTP e a Porsche teve que segurar a entrega de alguns pedidos enquanto prepara sua produção. Quem se deu mal mesmo foi o Volkswagen Golf GTI, que deixará de ser vendido no Velho Continente.

A decisão de tirar o Volkswagen Golf GTI afeta apenas a versão normal do hatch esportivo. A marca continuará a vender o Golf GTI Performance. Em breve, terá a companhia da versão de produção do Golf GTI TCR, o mais rápido já feito. Isto não irá afetar a venda do esportivo no Brasil ou em outros mercados. Além disso, a VW não está tão preocupada com o fim do GTI normal, já que irão apresentar a oitava geração do Golf no começo do ano que vem.

Mais novidades sobre o VW Golf:

A Volkswagen já confirmou que irá apresentar o novo Golf no ano que vem. Como a geração atual está próxima de seu fim, não faz sentido que a VW mexa na motorização do hatch para que se encaixe nas novas normas de emissão só para continuar vendendo por mais alguns meses. Por enquanto, não revelaram se essa decisão irá afetar os modelos derivados, como o Skoda Octavia RS.

 

Fora do império da VW, outras fabricantes estão tendo problemas para mudar da norma NEDC para WLTP. Por exemplo, a BMW e seu M3, que sairá de linha na Europa no próximo mês. Seu irmão cupê, o M4, ficará fora de produção por dois meses em preparação para as novas regras, já que a nova geração do M4 levará mais alguns anos para chegar, enquanto o novo M3 é esperado para o final de 2019. Segundo o site BMWBLOG, o Série 7 também será afetado e não será vendido com motores a gasolina por aproximadamente um ano.

Para fechar, outro GTi também deixará de ser vendido no Velho Continente, já que a Peugeot dará adeus ao 308 GTi pelo mesmo motivo.

Fonte: Volkswagen via Autocar

Galeria: Volkswagen Golf 2017