Dupla ganhará motor 1.6 MSI de 117 cv e câmbio automático de 6 marchas

A Volkswagen estaria com pressa para lançar o Gol e o Voyage com câmbio automático. Segundo o jornalista Roberto Nasser, o lançamento, antes previsto para junho, teria sido adiantado para maio como uma forma de atender ao entusiasmo dos concessionários após o bom resultado de vendas do Polo e Virtus.

Leia também:

Conforme antecipado por Motor1.com e relatado também por Nasser, a Volkswagen irá equipar o Gol e o Voyage com o motor 1.6 16V MSI de 117 cv, no lugar do atual 1.6 8V EA111 de 104 cv para esta versão. A troca tem um motivo simples: É o conjunto mecânico já utilizado por Polo e Virtus exportado para outros países da América Latina, o que sai mais barato do que adaptar a caixa para o 1.6 8V.

Novo Gol Track

Esta mecânica será usada somente na versão mais cara tanto do Gol quanto do Voyage. Um registro feito no INPI sugere que a configuração pode ser batizada como Exclusive. Além disso, passarão por mais uma reestilização, a última antes da troca de geração, recebendo a mesma grade e faróis da picape Saveiro, deixando-os parecido com a versão aventureira Gol Track. De acordo com Nasser, o Voyage ainda deve ter uma mudança nas lanternas traseiras, baseadas na do Virtus.

As novidades são o adeus do Gol e Voyage desta geração. A Volkswagen já confirmou que trabalha em um novo Gol, que será lançado até 2020 e é chamado internamente de A00. Rumores apontam que este nome seria pelo uso de uma versão mais barata da plataforma MQB-A0, para que possam manter o Gol como o carro de entrada da empresa no Brasil.

Fonte: De Carro Por Aí
Fotos: Divulgação e Motor1.com

Galeria: Volkswagen Gol 2018