Modelo será oferecido em versões híbrida e convencional com motor 1.5 turbo

Atenta à visibilidade proporcionada pelo Salão de Genebra, a Honda lançará neste mês de março na Europa a nova geração do CR-V. Já oferecido em mercados da Ásia e da América do Norte, o modelo renovado estreará no continente com a missão de ocupar uma lacuna acima do HR-V e, ao mesmo tempo, reforçar a presença da marca no concorrido segmento.

Leia também:

Terá motor 1.5 turbo nas versões movidas apenas a gasolina e 2.0 Atkinson na variante equipada com o sistema híbrido Intel Multi Mode Drive, que trabalha ainda com dois propulsores elétricos. No primeiro caso, o câmbio pode ser manual de 6 marchas ou automático do tipo CVT. Já no segundo caso, a Honda afirma que dispensou o uso de uma transmissão convencional para adotar um tipo de caixa comum em elétricos: compacta e com apenas uma marcha contínua. Dados de potência e consumo não foram divulgados em nenhuma das opções. Para efeito de comparação, o motor 1.5 rende nos EUA 192 cv e cerca de 24,8 kgfm de torque. A expectativa é que os números sejam muito parecidos na Europa.

2018 Honda CR-V (Euro-spec)

Maior e mais espaçoso que o anterior, o CR-V 2018 é o primeiro da história a oferecer opção de 7 lugares. Segundo a Honda, a terceira fileira oferece "excepcional espaço e altura para as pernas, além de bancos com ângulos de inclinação ideais para garantir o conforto dos passageiros em longas distâncias".

No Brasil, o lançamento do CR-V deve acontecer também neste ano, somente com motor 1.5 turbo por estimados R$ 180 mil. Por aqui, o modelo brigará com Jeep Compass, Chevrolet Equinox, Peugeot 3008 e Hyundai Tucson.

Fotos: Divulgação

Galeria: Honda CR-V 2018 - Europa