Queda do segmento e alta dos SUVs está mudando os planos da Ford

A Ford marcou para abril a revelação de uma nova geração do Focus europeu, nas versões hatch e sedã. A má notícia é que o novo modelo não deverá mais ser feito na Argentina, de onde o carro atual vem para o Brasil. O motivo é a crescente participação dos SUVs na região, que tem encolhido sobremaneira os segmentos de hatches médios e sedãs médios. 

Para se ter ideia, em janeiro foram vendidos 2.328 unidades do EcoSport em nosso mercado, contra 334 do Focus e 457 do Focus Sedan. Com esse movimento, a verdade é que o Focus perdeu importância na estratégia global da Ford. Assim como no Brasil, a venda do modelo nos EUA está em baixa, tanto que a marca cancelou o investimento de US$ 1,6 bilhão que faria no México para produzir a nova geração do Focus por lá e abastecer o mercado norte-americano. 

Focus Hatch

Assim, o Focus 2018 será, a princípio, um modelo destinado ao mercado europeu, onde a venda de hatches médios ainda é forte. Enquanto a Ford não se decidir sobre a produção do modelo em algum país da América Latina, o futuro do modelo na região é incerto. A produção do Focus atual será mantida no país vizinho somente até 2019, dando lugar possivelmente a um SUV médio para enfrentar o Jeep Compass. 

Leia também:

Uma opção seria o novo Focus vir como importado, mas em volumes baixos e certamente com preços (bem) acima dos atuais.

Fotos: divulgação 

Ford Focus Fastback