Marca francesa volta a oferecer modelos comerciais em sua gama, com planos de atendimento específicos

Depois da Citroën com o Jumpy, a Peugeot segue o mesmo caminho da marca irmã e apresenta seu novo veículo comercial, o Expert. Montado no Uruguai (as peças são enviadas da Europa em regime CKD), ele chega ao Brasil importado e está sendo apresentado na 21ª edição da Fenatran - Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas.

Leia também:

Assim como o Jumpy, o Expert usa a plataforma EMP2 (mesma do SUV 3008) e vem exclusivamente com o motor 1.6 BlueHDI turbodiesel com 115 cv e 30 kgfm de torque a 1.750 rpm, ligado ao câmbio manual de 6 marchas e tração dianteira. Segundo a Peugeot, a autonomia do modelo é de até 1.000 km, possivelmente quando utilizado no circuito rodoviário. 

A marca reforça que o Expert foi projetado para uso diário, principalmente nas cidades, já que suas dimensões (5,30 metros de comprimento, 2,20 m de largura, 1,94 m de altura e 2,27 m de entre-eixos) permitem o acesso a locais fechados e mais apertados, além da facilidade no trânsito. São até 1.500 kg de capacidade de carga, com 6,6 m³ de volume, além de uma abertura na cabine para cargas mais compridas. A porta lateral é corrediça e a traseira é bi-partida, com abertura de até 180 graus. A suspensão do Expert foi retrabalhada e elevada em 30 mm (em comparação com o europeu), sendo ajustada para o piso brasileiro. 

Por enquanto, o Expert será vendido apenas na versão furgão, em duas versões (Business 1.6 e Business Pack 1.6), com preço promocional de lançamento a partir de R$ 79.990. Entre os itens de série, traz controles de tração e estabilidade, direção eletro-hidráulica, computador de bordo, assistente de partida em rampas e piloto automático. A versão Business Pack adiciona itens como o ar-condicionado, sistema de destravamento de cabine, divisórias no espaço de carga e faróis de neblina. 

Peugeot Partner
Peugeot Boxer

Ao mesmo tempo, a Peugeot anuncia a volta do furgão compacto Partner, para concorrer com o Fiat Fiorino, além do lançamento do novo Boxer em 2018, com até 2.700 kg de capacidade de carga, segmento que ficou apenas com o Mercedes-Benz Sprinter depois do fim da produção do trio Fiat Ducato, Peugeot Boxer e Citroën Jumper. 

Com foco no público comercial, a Peugeot anunciou o "Total Care Pro", que como o programa para veículos de passeio, segue o caminho para mudar a má fama do pós-vendas da marca. Como diferença, a marca oferecerá um profissional exclusivo para a linha comercial nas concessionárias e faturamento de peças em serviços para clientes PJ. 

Fotos: divulgação

Galeria: Peugeot na Fenatran