Quando falamos de supercarros, poucas marcas específicas são lembradas de cara: Bugatti, Ferrari, Koenigsegg, Lamborghini, Pagani e algumas outras. Estas fabricantes se consagraram como o ápice do mundo automotivo, criando veículos exclusivos para os clientes mais ricos do mundo que buscam os carros mais caros, rápidos e belos do planeta.

Mas para criar essa lista dos carros mais caros mundo, vasculhamos entre os preços e encontramos quase 30 carros que custam mais de US$ 1 milhão (R$ 5.606.200). Este grupo inclui conversíveis híbridos da Ferrari, um hipercarro americano e até mesmo um Rolls-Royce único feito para realeza.

Obviamente, esta lista considera o preço dos carros totalmente novos. Veículos raros de leilão podem custar muito mais e o seu valor pode variar bastante. Ainda assim, a lista com os 20 carros mais caros do mundo está bem recheada para te fazer sonhar com o que poderia comprar se ganhasse na Mega Sena acumulada.

Ferrari LaFerrari

Ferrari LaFerrari

Preço: US$ 1,4 milhão (R$ 7.840.420)

Custando nada menos que US$ 1,4 milhão (R$ 7.840.420), a Ferrari LaFerrari é um dos supercarros mais baratos desta lista, por conta da sua idade - está em um momento em que não é antigo o suficiente para virar raridade, mas também já não é um dos modelos mais atuais da marca italiana. Pode até parecer uma barganha comparado com outros carros mostrados aqui. Apresentado em 2013 com 963 cv e velocidade máxima de 354 km/h, ainda é a Ferrari mais rápida e potente já produzida até agora. Teve somente 499 unidades produzidas até 2016.

Pagani Huayra

Pagani Huayra

Preço: US$ 1,4 milhão (R$ 7.840.420)

Sem dúvidas um dos carros mais bonitos da lista, o Pagani Huayra custa US$ 1,4 milhão (R$ 7.840.420) e tem o mesmo problema que a LaFerrari, sendo um modelo de mais idade. Produzido manualmente, o hipercarro teve 100 unidades montadas na versão cupê entre 2012 e 2018, com mais 20 unidades feitas da versão BC (que aparece mais abaixo) entre 2017 e 2019. Todas usam o mesmo motor V12 da Mercedes-AMG, entregando 730 cv.

McLaren Elva

McLaren Elva

Preço: US$ 1,7 milhão (R$ 9.520.510)

O McLaren Elva é um dos últimos esportivos lançados pela marca britânica. Mesmo sem o para-brisa (que são opcionais) ou teto, o Elva ainda tem bom motivos para conquistar os clientes ,com 815 cv vindos de seu motor 4.0 V8 biturbo. Em um primeiro momento, a McLaren anunciou apenas 399 unidades, mas este número acabou reduzido para somente 249 veículos. Ou seja, mais um motivo para poucos conseguirem comprar esta máquina que custa US$ 1,7 milhão (R$ 9.520.510).

Ferrari Monza

Ferrari Monza SP1

Preço: US$ 1,7 milhão (R$ 9.520.510)

Assim como o McLaren Elva, as Ferrari Monza SP1 e SP2 também apostam em não ter teto ou para-brisa. Como o nome dá a entender, o SP1 tem apenas um assento, enquanto o SP2 tem um segundo banco. Tirando isso, ambos são praticamente iguais, com o mesmo motor 6.2 V12 aspirado, que gera 810 cv. Infelizmente, nunca veremos uma dessas rodando nas ruas, já que não podem ser homologados por causa da falta de para-brisa. Mas, quem quiser comprá-las para usar nas pistas de corrida, terá que pagar US$ 1,7 milhão (R$ 9.520.510).

Bentley Bacalar

Bentley Bacalar

Preço: US$ 1,9 milhão (R$ 10.640.570)

Um dos esportivos mais exclusivos da lista, o Bentley Bacalar terá somente 12 unidades produzidas, fazendo com que alguns dos carros "limitados" da lista pareçam ter uma produção em série gigantesca. Embora o design opulento seja a primeira coisa a chamar a atenção, o Bacalar não é nada preguiçoso ao falar de performance. Com o famoso motor 6.0 W12 turbo da Bentley, este carro entrega 659 cv e 91,8 kgfm de torque. Se você tiver US$ 1,9 milhão (R$ 10.640.570) sobrando e quiser comprar um, sinto muito mas é tarde demais - a Bentley diz que já entregou todas as unidades para seus compradores.

Pininfarina Battista

Pininfarina Battista

Preço: US$ 2,5 milhões (R$ 14.000.750)

Nomeado como uma homenagem ao fundador do estúdio, Battista Farina, o Pininfarina Battista entrega o tipo de desempenho (e preço!) que faria o italiano ficar orgulhoso. Revelado no Salão de Genebra (Suíça) em 2019, o Battista é totalmente elétrico e tem "somente" 1.852 cv. Se um supercarro normal parece lento para você, então vai gostar de saber que o Battista vai de 0 a 100 km/h em menos de 2 segundos. A Pininfarina planeja produzir 150 unidades do Battista, cada uma custando US$ 2,5 milhões (R$ 14.000.750).

Mercedes-AMG Project One

Mercedes-AMG Project One

Preço: US$ 2,7 milhões (R$ 15.120.810)

Já faz um bom tempo que a Mercedes-Benz promete lançar a versão de produção do hipercarro Project One. Foi anunciado em março de 2017, com o primeiro conceito aparecendo no mesmo ano. Até vimos o protótipo no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018. E, cinco anos depois, parece que finalmente será lançado, com mais de 1.200 cv e por US$ 2,7 milhões (R$ 15.120.810).

Aston Martin Victor

Aston Martin Victor static

Preço: US$ 3,0 milhões (R$ 16.800.900)

O pessoal da Aston Martin sabe muito bem como é fazer um carro exclusivo. Então é difícil não ficar animado com o Victor, o projeto mais exclusivo da marca britânica. Baseado na paltaforma do One-77, o esportivo usa peças de vários outros modelos da Aston Martin, inclusivedo Vulcan (feito apenas para as pistas de corrida) e o futuro hipercarro Valkyrie. Até o motor é especial, com o 7.3 V12 do One-77, porém refeito completamente pela Cosworth para gerar 847 cv e 113,5 kgfm. O mais especial dele é que apenas um foi produzido sob encomenda e o preço, segundo rumores, seria de quase US$ 3,0 milhões (R$ 16.800.900).

Bugatti Bolide

Bugatti Bolide

Preço: US$ 3,0 milhões (R$ 16.800.900)

Embora seja certamente o Bugatti de aparência mais selvagem da lista, o Bolide não é o mais caro. Esta versão especial baseada no Chiron tem um preço até que razoável para esta lista, por US$ 3,0 milhões (R$ 16.800.900). Seu motor pode ser o mesmo 8.0 W16 quadriturbo que a marca usa desde o Veyron, porém entregando nada menos que 1.850 cv. Este monstro construído para as pistas promete ser capaz de acelerar a 500 km/h em 20,16 segundos. Terá somente 40 unidades.

Aston Martin Valkyrie

15. Aston Martin Valkyrie

Preço: US$ 3,2 milhões (R$ 17.920.960) (estimado)

O futuro hipercarro da Aston Martin, o Valkyrie, nem mesmo está nas lojas e já esgotou. Oficialmente, a marca britânica não diz quanto ele custa, mas as estimativas apontam para algo entre US$ 2,6 e 3,9 milhões, com alguns apontando que o valor exato seria algo por volta de US$ 3,2 milhões (R$ 17.920.960). Seja qual for o caso, quem comprar levará um carro impressionante. Seu motor 6.5 V12 feito pela Cosworth produz 1.176 cv e 124,4 kgfm, o que significa que sua velocidade máxima deve passar dos 320 km/h. A fabricante fará apenas 150 unidades do Valkyrie normal e mais 25 da futura versão AMR.

W Motors Lykan Hypersport

12. W Motors Lykan Hypersport

Preço: US$ 3,4 milhões (R$ 19.041.020)

Fabricante sediada em Dubai, a W Motors chocou o mundo ao apresentar o Lykan Hypersport em 2013, que até aparecem em Velozes e Furiosos 7. Com faróis de LED dentro de uma carcaça de titânio e coberto com 420 diamantes de 15 quilates, e um painel de instrumentos central hologrático, não é nenhuma surpresa que tenha sido o terceiro carro mais caro do mundo quando foi lançado. Hoje, caiu para a 6ª posição da nossa lista, o que ainda é impressionante. Conta com 791 cv e 132,7 kgfm vindos de seu 3.7 biturbo de seis cilindros.

Pagani Huayra Roadster BC

11. Pagani Huayra Roadster BC

Preço: US$ 3,5 milhões (R$ 19.601.050)

Seguindo a velha receita da Pagani, a versão conversível do feroz Huayra BC era inevitável. No ano passado, a marca italiana finalmente apresentou o Huayra Roadster BC, um monstro de 811 cv e 145 kgfm. Curiosamente, ao invés de ser apenas uma variante sem o teto fixo, a Pagani ainda adicionou mais 50 cv em comparação ao cupê, mexendo no motor 6.0 V12 feito pela Mercedes-AMG. Além de ter o prazer de ouvir o glorioso som deste motor sem ter um teto no caminho, os proprietários ainda ficarão felizes em saber que tem um carro ultra-raro, pois a Pagani limitou a produção a apenas 40 unidades, cada uma por US$ 3,5 milhões (R$ 19.601.050).

Bugatti Chiron Pur Sport

Bugatti Chiron Pur Sport

Preço: US$ 3,6 milhões (R$ 20.161.080)

Um dos carros que roubou o show no Salão de Genebra como nunca aconteceu antes foi o Bugatti Chiron Pur Sport, uma edição especial do esportivo com um foco na aerodinâmica, redução de peso e distribuição de potência. O motor é o mesmo 8.0 W16 quadriturbo de sempre, mantendo os 1.600 cv, porém ele alcança os 6.900 rpm, 200 rpm a mais do que antes, enquanto a transmissão automática foi recalibrada. O Pur Sport ainda conta com uma carroceria revisada, ganhando uma asa traseira maior e uma frente mais aerodinâmica. Produzido desde o final de 2020, é vendido por US$ 3,6 milhões (R$ 20.161.080).

Lamborghini Sian

10. Lamborghini Sian

Preço: US$ 3,6 milhões (R$ 20.161.080)

De várias maneiras, o Sian representa uma ponte para o futuro da Lamborghini. Embora seja baseado no Aventado SVJ, este Lamborghini de visual agressivo é o primeiro da marca a contar com uma motorização eletrificada. Além de usar o 6.5 V12 do SVJ, o Sian adota um sistema híbrido-leve de 48V, entregando uma potência total de 819 cv, o que faz com que seja o modelo mais potente que a empresa já fez capaz de andar nas ruas (o Essenza SCV12 tem 830 cv, mas foi feito para andar nos circuitos). Como o número 63 nos dois lados da asa traseira indica, terá apenas 63 unidades, custando US$ 3,6 milhões (R$ 20.161.080).

Bugatti Chiron Super Sport 300+

9. Bugatti Chiron Super Sport 300 +

Preço: US$ 3,9 milhões (R$ 21.841.170)

Em 2019, a Bugatti voltou a quebrar um recorde de velocidade com uma versão modificada do Chiron, que passou das 300 milhas por hora (483 km/h). O Super Sport 300+ é a versão de produção daquele carro, feito para celebrar a ocasião. Limitado a apenas 30 unidades, o Super Sport 300+ é uma bela versão do Chiron, com uma carroceria fluida e uma linda pintura com duas listras. Apesar de carregar o nome 300 no nome, a versão para vendas teve sua velocidade limitada a "somente" 277 mi/h (446 km/h).

Lamborghini Veneno

8. Lamborghini Veneno

Preço: US$ 4,5 milhões (R$ 25.201.350)

A Lamborghini produziu apenas 14 exemplares do Veneno, carro baseado no Aventador e que foi vendido entre 2014 e 2015. Com cada unidade custando cerca de US$ 4,5 milhão, dependendo de como era configurado, já foi o carro mais caro do mundo e ainda detém este título dentro da Lamborghini. Foi vendido nas versões cupê e conversível, usando uma versão mais potente do 6.5 V12 do Aventador, com 750 cv e 95,4 kgfm, que lhe permitia acelerar de 0 a 100 km/h em 3 segundos.

Bugatti Divo

5. Bugatti Divo

Preço: US$ 5,8 milhões (R$ 2.481.740)

Entre os últimos carros que a Bugatti lançou, o Divo é um dos favoritos do Motor1.com. Apesar de compartilhar muitas de suas linhas com o Chiron, o Divo tem muito mais do que um visual diferente para justificar o preço mais alto. Adicionando rodas mais leves, intercooler de fibra de carbono e removendo um pouco de seu isolamento acústico, a Bugatti fez com que o Divo pesasse 35 kg menos do que o Chiron. Embora tenha os mesmos 1.600 cv de potência, o Divo tem um ajuste aerodinâmico diferente, fazendo com que seja 8 segundos mais rápido na pista de testes de Nardò (Itália). São apenas 40 unidades e a Bugatti vendeu cada uma por US$ 5,8 milhões (R$ 2.481.740).

Mercedes-Maybach Exelero

4. Mercedes-Maybach Exelero

Preço: US$ 8,0 milhões (R$ 44.802.400)

Assim como muitos esportivos da lista, o Mercedes-Benz Maybach Exelero é um carro único. Foi feito sob encomenda para a Fulda, uma subsidiária alemã da Goodyear, para testar seus novos pneus, estreando em 2004. A Mercedes fez o Exelero com base em um Maybach e colocou o mesmo motor V12 biturbo de 700 cv e 141 kgfm de torque. A velocidade máxima declarada é de 350 km/h e, ajustando para os valores atuais, o Exelero custaria mais de US$ 10 milhões (R$ 56.003.000).

Bugatti Centodieci

3. Bugatti Centodieci

Preço: US$ 9,0 milhões (R$ 50.402.700)

A Bugatti mostrou o Centodieci em 2019 como um dos carros mais raros e caros do mundo. E não é para menos, pois esta versão moderna do clássico Bugatti EB110 teve apenas 10 unidades produzidas, comemorando o aniversário de 110 anos da marca. Seu estilo único pode não agradar a todos, mas ao menos os bilionários que comprarem este esportivo não precisarão se preocupar em ver um igual elas ruas. Custando quase US$ 9,0 milhões (R$ 50.402.700), o Centodiece é um dos carros mais exclusivos já feitos.

Bugatti La Voiture Noire

1. Bugatti La Voiture Noire

Preço: US$ 18,7 milhões (R$ 104.725.610)

Vendido por absurdos US$ 18,7 milhões (R$ 104.725.610), o Bugatti La Voiture Noire foi o carro mais caro do mundo e até pode falar que ainda tem este título oficialmente (o motivo desta discussão está no próximo carro da lista). Criado como uma versão moderna do Type 57 SC Atlantic que era de Jean Bugatti, o La Voiture Noire adota o mesmo 7.0 W16 quadriturbo de 1.500 cv e 221,2 kgfm  do Chiron. Tem nada menos do que seis saídas de escape, uma frente única e o logo da marca iluminado na traseira. A única unidade deste carro já foi vendido e ninguém sabe quem é o dono - especulou-se até que Christiano Ronaldo teria comprado o esportivo.

Rolls-Royce Boat Tail

Rolls-Royce Boat Tail

Preço: US$ 28,0 milhões (R$ 156.808.400) (estimado)

Este Rolls-Royce é o motivo pelo qual não se pode bater o martelo de que o Bugatti La Voiture Noire é o carro mais caro do mundo. Feito sob encomenda, o Boat Tail é um sucessor do belíssimo Sweptail de 2017 (que supostamente teria sido vendido por US$ 12,8 milhões). Tem uma pintura única em dois tons, acabamento de luxo na cabine e uma "suíte" com frigobar para champanhe e guarda-sol integrado. Este poderia ser o carro mais caro do mundo, caso a Rolls-Royce confirmasse os rumores de que foi vendido por US$ 28,0 milhões (R$ 156.808.400), mas a empresa não revela o valor de nenhum de seus veículos feitos por encomenda.

FAQs

Qual o carro mais caro do mundo

O carro mais caro do mundo, oficialmente, é o Bugatti La Voiture Noire. Custando US$ 18,7 milhões (R$ 104.725.610), o esportivo teve apenas uma unidade produzida sob encomenda.

Qual o carro mais caro já vendido na história?

Considerando até os leilões, este título é de uma Ferrari 250 GTO 1962 vendida em um leilão da RM Sotheby em 2018, por US$ 48,4 milhões (R$ 271.054.520). Antes disso, um outro 250 GTO havia sido leilado pela Bonham em 2014 por US$ 38,1 milhões (R$ 213.371.430).

Os carros mais caros do mundo

  • Ferrari LaFerrari - US$ 1,4 milhão (R$ 7.840.420)
  • Pagani Huayra - US$ 1,4 milhão (R$ 7.840.420)
  • McLaren Elva - US$ 1,7 milhão (R$ 9.520.510)
  • Ferrari Monza - US$ 1,7 milhão (R$ 9.520.510)
  • Bentley Bacalar - US$ 1,9 milhão (R$ 10.640.570)
  • Pininfarina Battista - US$ 2,5 milhões (R$ 14.000.750)
  • Mercedes-AMG Project One - US$ 2,7 milhões (R$ 15.120.810)
  • Aston Martin Victor - US$ 3,0 milhões (R$ 16.800.900)
  • Bugatti Bolide - US$ 3,0 milhões (R$ 16.800.900)
  • Aston Martin Valkyrie - US$ 3,2 milhões (R$ 17.920.960)
  • W Motors Lykan Hypersport - US$ 3,4 milhões (R$ 19.041.020)
  • Pagani Huayra Roadster BC - US$ 3,5 milhões (R$ 19.601.050)
  • Bugatti Chiron Pur Sport - US$ 3,6 milhões (R$ 20.161.080)
  • Lamborghini Sian - US$ 3,6 milhões (R$ 20.161.080)
  • Bugatti Chiron Super Sport 300+ - US$ 3,9 milhões (R$ 21.841.170)
  • Lamborghini Veneno - US$ 4,5 milhões (R$ 25.201.350)
  • Bugatti Divo - US$ 5,8 milhões (R$ 2.481.740)
  • Mercedes-Maybach Exelero - US$ 8,0 milhões (R$ 44.802.400)
  • Bugatti Centodieci - US$ 9,0 milhões (R$ 50.402.700)
  • Bugatti La Voiture Noire - US$ 18,7 milhões (R$ 104.725.610)
  • Rolls-Royce Boat Tail - US$ 28,0 milhões (R$ 156.808.400)

*Dólar convertido a R$ 5,60

Envie seu flagra! flagra@motor1.com