Seria a verdadeira versão esportiva do compacto, que nunca se tornou realidade

Nome: Chevrolet Onix Track Day

Estreia: Salão do Automóvel de São Paulo 2014

Especificações: 1.8 16V Ecotec, 150 cv, câmbio manual de 6 marchas, tração dianteira

Porque lembramos dele: Não faz tanto tempo assim que a General Motors mostrou o Chevrolet Onix Track Day, mas acabou esquecido por não ter virado realidade. O protótipo apareceu no Salão do Automóvel de 2014, apenas duas edições atrás, como uma proposta de uma versão esportiva do hatch para quem gosta de se divertir nas pistas.

Chevrolet Onix Track Day
Chevrolet Onix Track Day

A ideia é bem simples: pegaram um Onix, colocaram o motor 1.8 16V  e o câmbio manual de 6 marchas do Cruze (geração anterior) e ajustaram o restante do carro de acordo com o novo potencial de desempenho. Ganhou nova suspensão, freios e sistema de exaustão. O escapamento era 100% em aço inox, com filtro de ar de alto fluxo e injeção eletrônica recalibrada. O resultado foi a potência subir 6 cv na comparação com o Cruze, alcançando os 150 cv.

O design invocado acompanhava a esportividade. O Onix Track Day foi pintado de amarelo, no mesmo tom que o Corvette C7 Stingray que a fabricante apresentou no evento daquele ano, com uma faixa preta atravessando o capô. Os faróis receberam pintura da mesma cor na parte interna. Havia um aerofólio sobre a tampa traseira, enquanto as rodas foram trocadas de aro 15" para 17 polegadas, com pneus 215/45 R17 de composto macio, para aumentar a aderência. A nova suspensão era mais firme e baixa que a original, para reduzir a rolagem da carroceria nas curvas.

Chevrolet Onix Track Day
Chevrolet Onix Track Day

O lado de dentro também não foi esquecido. Contava com bancos esportivos da Recaro, cintos de segurança de quatro pontos e volante esportivo com base reta e revestido de couro (que depois foi utilizado na versão esportivada Effect), além do acabamento com detalhes em amarelo para combinar com a carroceria.

Leia também:

Ao contrário de muitos protótipos levados para o Salão, o Onix Track Day era funcional. “Poderia ter chegado ao Anhembi rodando”, disse Carlos Barba, então diretor de design da GM América do Sul. Porém, o hatch de pista serviu apenas como exercício de design e engenharia, pois a marca nunca teve planos de lançar uma versão assim no mercado. Uma pena, pois teria chamado a atenção, ainda mais se fosse atualizado com o visual do Onix reestilizado.

Fotos: Divulgação e Motor1.com

Gallery: Chevrolet Onix Track Day