Cheio de carisma e diversão, vale os R$ 182.990?

Em 1959, um pequeno carro inglês ganhava destaque mundial. Desde então, o Mini Cooper (em 1969, a Mini se tornou uma marca) é um dos mais carismáticos modelos do mundo e atrai fãs inclusive no Brasil. De toda a linha, o que mais desperta a curiosidade é o Mini Cooper Cabrio, que reúne o estilo e esportividade com a liberdade de poder baixar a capota de lona para aproveitar o vento. 

A versão S é a intermediária, com o motor 2.0 turbo de 192 cv ligado ao câmbio de dupla embreagem de 7 marchas, uma das novidades que ele trouxe com uma leve reestilização, e custa R$ 182.990.

Prós

Teste - Mini Cooper S Cabrio

Não tem como passar despercebido com um Mini Cooper Cabrio pelas ruas. Se o hatch já chama a atenção, o teto de lona com a bandeira do Reino Unido garante que os olhares serão atraídos. Mesmo não sendo tão mini quanto as gerações anteriores, mantém os faróis redondos e diversos elementos históricos, como o mostrados central no painel, aqui servindo como central multimídia. 

O Mini Cooper está cheio de easter eggs, como o simpático carrinho que faz dá as boas vindas e se despede ao abrir ou fechar o carro, além dos detalhes como os botões tipo caça para ligar o carro e outras funções. Há seletor de luzes internas, inclusive da bandeira do Reino Unido que está no painel, em frente ao passageiro. É um daqueles carros que você passa algumas horas até ver todos os detalhes.

Teste - Mini Cooper S Cabrio

A Mini reforça o "Go Kart Feeling", ou a sensação de estar pilotando um kart. Além de compacto, com 3,85 m de comprimento, o Mini Cooper S tem a suspensão travada (e fica ainda mais no modo Sport) e a caixa de direção bem direta e curta. A carroceria que dobra pouco nas curvas fica ainda mais no lugar quando os amortecedores adaptativos são travados. Ou seja, ele te provoca o tempo inteiro para acelerar, transformando uma cidade aberta em um tima attack.

Teste - Mini Cooper S Cabrio

A Mini trocou o câmbio automático de 6 marchas pelo de dupla embreagem com 7 marchas no Cooper S. E este câmbio é um dos melhores da categoria, com trocas rápidas quando necessário e suaves em conduções leves. O motor 2.0 turbo é já conhecido, com turbo de duplo fluxo e variador de abertura e tempo de válvulas. São 192 cv e 28,5 kgfm de torque que praticamente se cruzam em um gráfico de rotações. 

Em nossos testes, o Mini Cooper S Cabrio acelerou de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos (com launch control) acompanhado de divertidos estouros no escape nas trocas. O consumo na cidade foi contido, com 9,6 km/l e se destacou ainda mais na estrada, com 15,9 km/l e a ajuda do sistema que desengata o carro em velocidades de cruzeiro.

Contras

Teste - Mini Cooper S Cabrio

O Mini é homologado para quatro ocupantes, mas com limitações. O espaço traseiro é bastante limitado, principalmente para as pernas, e até mesmo o porta-malas acomoda bagagens de duas pessoas em uma viagem, com 160 litros e mais o espaço do banco traseiro que não cabe dois adultos a não ser que seja algo bastante desconfortável. Se quer mais, Countryman e Clubman estão na lista.

Teste - Mini Cooper S Cabrio

É um brinquedo para gente rica. Um Mini Cooper S Cabrio está tabelado a R$ 184.990. Apesar de todo o charme e esportividade, é uma faixa de preços onde o consumidor já pede itens como o piloto automático adaptativo e assistente de faixa, além de outros itens de assistência a condução. Itens como os amortecedores adaptativos até entram na justificativa do preço, mas é um carro bem caro. 

Teste - Mini Cooper S Cabrio

As dimensões externas do Mini ajudam bastante no uso diário. É fácil de estacionar e de usar principalmente nos grandes centros, além de ter força em baixas rotações e um câmbio suave e até mesmo um bom consumo, com 9,6 km/l com gasolina. Porém, os pneus de perfil baixo e a suspensão firme mesmo fora do modo Sport exigem atenção para os buracos e a dianteira baixa não ajuda nas valetas. Seu melhor ambiente é mesmo uma estrada com a capota aberta. 

Fotos: Leo Fortunatti

Ficha técnica Mini Cooper S Cabrio

MOTOR dianteiro, transversal, 4 cilindros, 16 válvulas, 1.998 cm3, duplo comando variável, turbo, injeção direta, gasolina
POTÊNCIA/TORQUE 192 cv de 5.000 a 6.000 rpm / 28,5 kgfm de 1.250 a 4.600 rpm
TRANSMISSÃO automatizada de dupla embreagem com 7 marchas; tração dianteira
SUSPENSÃO independente McPherson na dianteira e independente multibraços na traseira
RODAS E PNEUS  liga-leve aro 17" com pneus 205/45 R17
FREIOS discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira com ABS e EBD
PESO 1.315 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 3.850 mm, largura 1.727 mm, altura 1.415 mm, entre-eixos 2.495 mm
CAPACIDADES tanque 44 litros; porta-malas 160 litros
PREÇO R$ 182.990
MEDIÇÕES MOTOR1 BR
    Mini Cooper S Cabrio
  Aceleração  
  0 a 60 km/h 3,6 s
  0 a 80 km/h

4,9 s

  0 a 100 km/h 7,2 s
  Retomada  
  40 a 100 km/h em S 4,9 s 
  80 a 120 km/h em S 4,4 s 
  Frenagem  
  100 km/h a 0 38,6 m 
  80 km/h a 0 24,3 m 
  60 km/h a 0 14,1 m
  Consumo  
  Ciclo cidade 9,6 km/l 
  Ciclo estrada 15,6 km/l 

Galeria: Teste - Mini Cooper S Cabrio