Fomos até a Suécia acelerar o novo SUV compacto japonês, que tem como destaque a motorização híbrida

A Lexus acaba de entrar em um dos segmentos mais desejados do mundo: o de SUVs/crossovers compactos. O novo UX, que chegará no Brasil no primeiro semestre de 2019, é a nova aposta para conquistar consumidores jovens e descolados, que usam o carro em ambientes urbanos. Fomos até Estocolmo, na Suécia, para conhecer e avaliar as armas que o japonês Lexus UX traz para enfrentar os concorrentes, em especial os alemães e suecos.

O que é?

Primeiro SUV compacto da Lexus, o novo UX é desenvolvido sobre a plataforma global GA-C, uma variação da TNGA da Toyota. Pensado para o estilo de vida dos grandes centros urbanos, ele foi desenvolvido para oferecer a mesma agilidade de um hatch, com baixo centro de gravidade e dinâmica apurada. O resultado é um carro que transmite a sensação de muita solidez e alto nível elevado de conforto, além de entregar muita tecnologia de entretenimento e segurança.

Lexus UX 250h F-Sport
Lexus UX 250h F-Sport

No segmento de luxo, beleza é fundamental. E isso o UX tem de sobra. Em um mundo cheio de imitações, a Lexus conseguiu encontrar um estilo distinto, uma identidade moderna que faz o UX chamar a atenção por onde passa. De cara você já consegue reconhecer que se trata de um Lexus justamente pela grade dianteira dianteira, pronunciada. Ela casa bem com o desenho dos faróis de LED, em forma de L, que vêm com feixe duplo como padrão ou com projeção tripla opcional.

No perfil lateral, a aerodinâmica está presente desde as linhas vincadas e para-lamas traseiros mais pronunciados até as rodas com de 18", com aletas para direcionamento do ar projetadas para reduzir a resistência ao vento e aumentar o fluxo de ar para resfriar os freios a disco. As molduras nos arcos das rodas ajudam na proteção e também foram desenhados para reduzir a turbulência.

A traseira traz lanternas que possuem uma sequência de 120 LEDs por toda a extensão da tampa do porta-malas. Outro detalhe é uma espécie de asa na extremidade das lanternas que contribuem para o downforce. O resultado é o de um crossover de estilo inconfundivelmente Lexus.

Lexus UX 250h F-Sport

Como anda?

Ao entrar no UX, você nota a mesma qualidade dos materiais utilizados nos carros mais caros da marca. Embora seja o SUV “mais barato” da Lexus, o interior tem desenho bem arrojado, fiel ao DNA de toda a gama, inclusive com o tradicional relógio analógico. O painel tem linhas anguladas e é levemente inclinado para o motorista. Os botões de controle da central multimídia e controle do ar, diferentemente do NX, estão concentrados na faixa central, o que resulta num ambiente mais limpo no console. O trackpad (espécie de mouse) foi mantido, enquanto os botões de ajuste de som e mídia foram embutidos no apoio de braço.

Com distância entre-eixos de 2.640 mm, o UX oferece bom espaço para os ocupantes. Medindo 4.495 mm de comprimento, o UX tem um bom raio de giro de 10,4 m, o que facilita em manobras e para estacionar. O porta-malas vem com uma prateleira que o deixa bem raso. Se colocá-la no segundo nível, a capacidade fica mais aceitável.

Lexus UX 250h F-Sport
Lexus UX 250h F-Sport

No Brasil, a Lexus venderá apenas o UX 250h, a versão híbrida que dirigimos. Ela vem com um novo conjunto que combina um motor 2.0 a gasolina de quatro cilindros acoplado a dois motores elétricos num transeixo híbrido de nova geração mais compacto. A potência combinada é de 178 cv, enquanto o torque anunciado é apenas o do motor a combustão, ou seja, 20,8 kgfm. Mas não se engane, a coisa fica divertida por conta do torque imediato oferecido pelos motores elétricos. Segundo a Lexus, equipado com a transmissão CVT Direct Shift, o UX consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 8,6 segundos, um bom número considerando que estamos falando de um carro híbrido com motor a combustão aspirado que pesa 1.635 kg.

Indo ao que interessa, ajusto o banco (que a propósito entrega conforto no mesmo padrão dos irmãos maiores), aperto o botão de ignição e parece que nada acontece. Caso a bateria do conjunto híbrido esteja com carga adequada, a movimentação inicial é no modo puramente elétrico. Da mesma forma, basta pisar com mais vontade no acelerador para que o torque do motor elétrico empurre com força o SUV, dando sensação semelhante a de um propulsor turbo.

O UX possui três modos de condução: Eco, Normal e Sport. Cada um dá uma personalidade ao SUV, mudando parâmetros que vão desde potência do ar condicionado no modo Eco à resposta mais rápida ao comando do acelerador no Sport+. Além do botão de acionamento estar em posição mais elevada no painel, é legal também que, ao alternar entre os modos, o velocímetro digital (redondo) muda o grafismo, deixando bem claro qual o modo selecionado. Por falar em velocímetro, ele é um dos destaques do carro. Assim como no LFA, é totalmente digital, mas possui um anel físico deslizante. Basta acionar as informações adicionais do computador de bordo para que o anel deslize para a direita. Além disso, também possui um head-up display de excelente definição.

Lexus UX 250h F-Sport

Na estrada, o UX responde bem quando você pede mais força. Os motores elétricos realmente entregam torque para garantir acelerações mais vigorosas. Outro ponto positivo é o baixo nível de ruído interno. A sensação ao volante é de um carro íntegro, seguro e firme. Há pouca inclinação da carroceria e a estabilidade é ponto de destaque, como num hatch. Isso é resultado do centro de gravidade mais baixo e do equilíbrio de peso com o posicionamento da bateria do sistema híbrido embaixo do banco traseiro.

A versão F Sport, que será a configuração vendida no Brasil, traz ajuste de suspensão exclusivo que inclui molas e barras estabilizadoras específicas. Também será oferecida uma opção com o novo sistema de Suspensão Variável Adaptativa (AVS), que aumenta a força de amortecimento para minimizar o rolamento em curvas ou mudanças de faixa e reduz a força de amortecimento na condução em linha reta para preservar o conforto. Com a AVS, o seletor do modo de condução adiciona o modo Sport S+, inclusive com um grafismo extra no painel.

Leia também

E como se sai o UX em relação aos rivais? O Lexus é diferente. Além do visual marcante, sua aposta está no conforto e refinamento. Nestes aspectos, a sua experiência como carro de luxo será maior no Lexus do que, por exemplo, no BMW X2 ou no Volvo XC40. Falo em termos de acabamento, materiais utilizados e personalizações possíveis. Outro diferencial frente aos concorrentes é o sistema híbrido. Enquanto os alemães e o sueco apostam em motores turbo, o UX adota a linha do ecologicamente correto, oferecendo bom desempenho (porém menos esportivo) e o menor consumo de combustível. Se por um lado a transmissão CVT ajuda ser mais eficiente no consumo, mesmo com a primeira marcha com engrenagem, ela cobra seu preço ao reduzir a esportividade.

Quanto custa?

Os executivos da Lexus não confirmam quando chegará no Brasil, mas pelo que apuramos o modelo será lançado no Salão do Automóvel de São Paulo. A dica foi dada pela Vice-Presidente e Engenheira-Chefe da Lexus, Chika Kako, que disse estar ansiosa por visitar o Brasil em novembro para participar do evento. Mesmo com a apresentação para breve, as vendas só deverão começar no segundo trimestre de 2019.

Nada foi dito em relação ao preço, a não ser o óbvio: ficará abaixo do irmão NX 300h, agora vendido na linha 2019 apenas em versão híbrida com preço inicial de R$ 219.990. Colocando os rivais BMW X2, Mercedes-Benz GLA e Volvo XC40 na mesa, é de se esperar que o preço do Lexus UX 250h F-Sport fique entre R$ 180.000 e R$ 200.000.

Lexus UX 250h F-Sport
Lexus UX 250h F-Sport

Prometido em versão única, podemos esperar um pacote bem completo. Acabamento interno com várias opções em dois tons combinados, sistemas ativos de segurança (assistentes de permanência em faixa, piloto automático adaptativo, assistente de frenagem de emergência e assistente de estacionamento), suspensão adaptativa, rodas aro 18", faróis e lanternas em LED, painel de instrumentos com visor TFT de 8", oito airbags, head-up display e sistema de som premium com 8 ou 12 alto-falantes são alguns dos itens possíveis.

Em resumo, o novo Lexus UX chegará ao Brasil como opção para quem privilegia conforto e luxo a bordo. O conjunto híbrido agrada, é econômico, mas sem arrancar suspiros de emoção. Com a missão de mais do que dobrar as vendas da marca no Brasil, o UX deve surpreender com pacote de equipamentos e preços competitivos. Será um belo competidor no segmento mais disputado entre as marcas premium.

Por Fábio Trindade, de Estocolmo (Suécia)
Viagem a convite da Lexus do Brasil 

Ficha Técnica - Lexus UX 250h

MOTOR dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha, 16 válvulas, 1.987 cm3, duplo comando com variador de fase na admissão e escape, injeção direta e indireta, gasolina + elétrico instalado na dianteira
POTÊNCIA/TORQUE

combustão: 145 cv a 6.000 rpm / 18,3 kgfm a 4.400 rpm. Elétrico: 109 cv e 20,6 kgfm. Combinados: 177 cv

TRANSMISSÃO câmbio automático CVT; tração dianteira
SUSPENSÃO independente McPherson na dianteira e duplo A na traseira
RODAS E PNEUS liga-leve aro 18" com pneus 215/50 R18
FREIOS discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS e ESP
PESO 1.635 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.495 mm, largura 1.840 mm, altura 1.540 mm, entre-eixos 2.640 mm
CAPACIDADES porta-malas não informado, tanque 43 litros
PREÇO  de R$ 180 mil a R$ 200 mil (estimado)

 

Galeria: Lexus UX 250h F-Sport Brasil