A tela do sistema de infotainment se assemelha a um tablet e pode ser abaixada para reduzir o reflexo da luz do sol

Espaço não é a principal virtude em um roadster, mas o novo AMG SL63 aproveita o seu espaço disponível excepcionalmente bem. O novo modelo de duas portas teve seu interior exposto antes mesmo de descobrirmos o seu visual externo e, de fato, o que está dentro é o que conta. O pesadelo assimétrico do modelo da última geração acabou, e a Mercedes o substituiu por um novo painel em forma de asas. 

No entanto, o novo design interno é apenas o começo. O novo SL recebe o layout 2+2 pela primeira vez desde 1989. Os dois assentos traseiros aumentam a usabilidade, mesmo que seja um pouco apertado para um adulto durante uma viagem longa, e há um defletor de vento para proteger os passageiros do assento dianteiro quando não estiver com passageiros no banco de trás.

Galeria: Mercedes-AMG SL imagens do interior

No centro da cabine há a grande tela de infotainment que lembra mais um tablet. Parece quase idêntico ao encontrado no Classe S, mas de certa forma é um pouco mais sofisticado. A tela pode ser inclinada para a frente em uma posição mais vertical para reduzir o brilho da luz solar quando a capota estiver abaixada.

A Mercedes escondeu a tela LCD de 12,3 polegadas que funciona como painel de instrumentos em um visor exclusivo em seu entorno. Isso é bacana porque esta solução dá profundidade e design à peça plana de vidro. Entre as grandes áreas em couro está um painel de metal projetado para imitar uma saída de ar, que fica entre o apoio de braço e a tela da central multimídia e parece envolver o console central. Por fim, o novo SL contará com o software Mercedes-Benz User Experience (MBUX) de última geração.

Por enquanto, a Mercedes exibiu apenas o novo interior do SL, deixando o design exterior e os detalhes mecânicos para depois. No entanto, imagens em flagras mostraram o novo modelo roadster com um design familiar, mas elegante, com uma capota conversível. Espera-se que o novo SL ofereça uma gama de acabamentos, provavelmente começando pelo SL 43 como o modelo básico com tração traseira. Há rumores de que a linha contará com a versão SL 73 de 811 cv, que faz uso combinado do potente motor V8 4.0 com dois turbocompressores da marca e motor híbrido plug-in.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com