Apesar de não oferecer mais scooters pequenos no Brasil, a Suzuki permanece como nome forte neste segmento, principalmente na Ásia. Por lá, a Burgman Street, descendente direta do Burgman 125 que foi oferecido por aqui, segue como um sucesso de vendas. No entanto, a marca deve ir além e incluir ao seu catálogo de scooters mais variantes elétricas.

Patentes registradas no exterior mostraram que a Suzuki está trabalhando em um scooter movido por baterias, mas pouco se sabe a respeito da possibilidade dele chegar às ruas. No entanto, o detalhe que mais chama atenção nas patentes é a exótica configuração para a instalação do motor, baterias e componentes do sistema elétrico.

Suzuki faz patente de scooter elétrico

Em um scooter elétrico convencional, é mais comum ver o motor sendo instalado no braço oscilante ou diretamente na roda traseira, com baterias e demais componentes sob o assento. Assim, mantém-se o característico espaço para objetos embaixo dos bancos. No entanto, a patente da Suzuki mostra algo completamente diferente.

Nos diagramas registrados pela marca, o motor fica praticamente no assoalho, montado sobre o chassi. As baterias e os controladores vêm logo acima e aparentam ser montados como uma única unidade. No entanto, instalar tudo isso dentro do chassi da moto fez com que a Suzuki desenvolvesse uma série de entradas de ar e ventoinhas para manter a temperatura mais baixa, algo que não é necessário quando o motor está exposto.

Suzuki faz patente de scooter elétrico

Além disso, será necessário utilizar uma corrente para a transmissão final, algo que nem os scooters a combustão utilizam. Outro revés é que a unidade de força ocupará todo o espaço sob o assento, tirando um dos elementos mais práticos do scooter. A intenção da Suzuki com essa configuração pouco convencional ainda é incerta.

Mantendo todo o conjunto motriz dentro da carcaça do scooter o torna mais preparado para intempéries, deixando-o mais robusto. Outra vantagem seria na construção, uma vez que a unidade força instalada como um único bloco tornaria a fabricação mais simples e barata. A Suzuki já trabalha na Índia com a eletrificação do Burgman Street, sendo que seu conceito já foi até flagrado em testes por lá, mas as novas patentes mostraram um modelo diferente.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com