VW Taos será vendido em duas versões com motor 1.4 TSI de 150 cv

Após tantos teasers e pequenas apresentações, o Volkswagen Taos 2022 finalmente está a poucos passos de chegar às concessionárias de todo o Brasil. A fabricante acaba de iniciar a produção do SUV médio em General Pacheco (Argentina), de onde será enviado não só para o nosso mercado como para o resto da América Latina. A marca deve iniciar uma pré-venda em maio no Brasil, entregando os veículos apenas no começo do 2º semestre.

Para produzir o Volkswagen Taos 2022 na Argentina, a fabricante investiu US$ 650 milhões no complexo, preparando a linha de montagem para a plataforma MQB e também em uma nova fábrica de tintas. Até então, o complexo montava somente a picape Amarok e o Taos é o primeiro novo modelo em 10 anos a sair de lá – o outro carro que era feito na fábrica era a perua SpaceFox.

Galeria: Volkswagen Taos - Produção em General Pacheco (Argentina)

"Para o Grupo Volkswagen Argentina é uma grande alegria iniciar a produção da Taos, um SUV fabricado na Argentina, que contribui para a geração da indústria automotiva nacional. Esse novo marco confirma a confiança da matriz em relação à Argentina e sua visão de que somos um player estratégico para o desenvolvimento de negócios na região", disse Thomas Owsianski.

Já sabemos praticamente tudo sobre o Volkswagen Taos 2022. O SUV médio ficará posicionado entre o T-Cross e o Tiguan, entrando na mesma faixa de preços que o Jeep Compass com motor flex (que agora custa entre R$ 139.990 e R$ 176.990) e terá somente duas configurações: Trendline e Highline. Nos dois casos, a mudança estará somente nos equipamentos oferecidos, da mesma forma que no Nivus.

A mecânica será sempre igual, com o conhecido 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque, acoplado somente ao câmbio automático de 6 marchas e com tração dianteira. Há rumores sobre uma possível versão 2.0 TSI no futuro, porém a Volkswagen não confirma esta motorização no momento. A escolha desta motorização levou ao fim da oferta das versões de Tiguan e Jetta com este motor, mas não afetará o T-Cross Highline.

Construído com plataforma MQB, o SUV médio tem 4,461 metros de comprimento, 1,841 m de largura e 1,626 m de altura, enquanto o entre-eixos mede 2,680 m. São 67 mm a mais de comprimento e o porta-malas de 498 litros é 88 litros maior do que o Jeep Compass. Promete ter um bom espaço interno, inclusive nos bancos traseiros.

Terá que vir bem equipado, já que o Jeep Compass renovado, que já iniciou a pré-venda, está apostando bastante em tecnologia. O SUV médio da VW trará o painel digital e a central multimídia de 10” de série, além de itens como ar-condicionado de duas zonas, faróis full-LED, frenagem automática de emergência, controle de cruzeiro adaptativo e mais, embora ainda não se saiba se estarão até na opção de entrada.

Oficialmente, a fabricante não diz quando o Volkswagen Taos 2022 será realmente lançado, prometendo somente que fará a estreia no 1º semestre deste ano. Com o início da produção, deve levar cerca de três meses para ter volume o suficiente para abastecer as concessionárias. Isso nos leva a acreditar que a marca repetirá a estratégia do Nivus, fazendo uma pré-venda no mês que vem, mas entregando o veículo somente no 2º semestre.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com