Por enquanto, terá somente o motor 2.5 aspirado de 183 cv, acoplado ao câmbio CVT

O novo Mitsubishi Outlander 2022 finalmente é revelado após aparecer em fotos vazadas - e o crossover parece muito interessante. Substituindo o SUV que parecia desatualizado (havia sido lançado em 2012), a nova geração beneficia-se do fato de a marca agora ser parte da Aliança Renault-Nissan para adotar a mesma plataforma, motorização e componentes do Nissan X-Trail. E agora tem 7 assentos como item de série (antes dependia da versão).

Como esperado, a marca segue a utilizar a identidade visual baseada no chamado "dynamic shield", composta pela grade frontal mais parruda e conjunto óptico em dois andares. A grade foi desenhada de forma que a parte superior usa pequenas passagens de ar entre as hastes cromadas e o logo da empresa, enquanto a inferior, que fica exatamente no centro, tem tomadas maiores. As luzes superiores em LED são para iluminação diurna, deixando os faróis principais verticais mais abaixo e as luzes de neblina na horizontal.

2022 Mitsubishi Outlander
2022 Mitsubishi Outlander
2022 Mitsubishi Outlander

A cabine passou por uma grade alteração, subindo muito o nível com materiais melhores para o acabamento e um visual muito mais limpo. Traz uma central multimídia com tela de 8" de série ou opcional de 9", finalmente deixando de lado o antigo sistema Android que imitava um smartphone.

Lindamente bruto

A inspiração para o Outlander 2022 veio do conceito Engelberg Tourer, que serviu como uma demonstração do novo estilo de design da fabricante. Obviamente, foi suavizado para os carros de produção, embora tenha mantido alguns detalhes. Por exemplo, o esquema de faróis duplos com o LED diurno e setas na parte superior.

De acordo com a Mitsubishi, as linhas em "C" cromadas nas duas laterais da grade foram feitas para lembrar a grade do Pajero antigo, enquanto a abertura inferior do para-choque é uma homenagem ao Lancer Evolution X. É inegável que o Outlander está bem mais exuberante do que antes e o seu porte ajuda, com as rodas de 20" nas versões mais caras.

2022 Mitsubishi Outlander Exterior

A janela espia e a coluna traseira mais grossa ajudam a passar a sensação de que é um carro grande, mas não temos certeza se os passageiros da terceira fileira não irão sentir um certo aperto. A traseira traz lanternas bem finas e longas, imitando um pouco do estilo da frente. Os designers desenharam a tampa do porta-malas para que tenha uma leve depressão hexagonal, para lembrar do estepe que ficava pendurado nos SUVs antigos.

Sob o capô

Qualquer comparação com o Pajero ou com o Lancer Evolution acaba quando olhamos para a sua mecânica. O novo Outlander traz o motor 2.5 aspirado de quatro cilindros em linha, entregando os mesmos 184 cv e 24,9 kgfm de torque que no Nissan X-Trail. Também repete a transmissão, com uma caixa automática do tipo CVT e opções de tração dianteira ou integral. Isso pode atrapalhar um pouco nas acelerações, afinal é um carro de 7 lugares.

2022 Mitsubishi Outlander Exterior

Ainda assim, os consumidores nesta categoria normalmente se preocupam mais com economia de combustível do que velocidade. A Mitsubishi promete ser bem frugal em comparação ao 2.0 anterior, com a ajuda do novo CVT simulando 8 marchas.

O sistema de tração integral Super All-Wheel Control da Mitsubishi utiliza uma embreagem hidráulica central para distribuir o torque instantaneamente entre os eixos dianteiro e traseiro. Ao perceber que a roda está derrapando, o sistema freia esta roda para enviar a força do motor para as outras. O Outlander ainda pode frear rodas específicas nas curvas, para reduzir o subesterço e melhorar a estabilidade.

2022 Mitsubishi Outlander Interior
2022 Mitsubishi Outlander Interior
2022 Mitsubishi Outlander Interior

Paz interior

Do lado de dentro, é difícil não ver a influência da Nissan no design e layout do novo Outlander. A central multimídia é a mesma, assim como os controles do ar-condicionado, o painel de instrumentos digital de 12,3", head-up display e seletor giratório do modo de tração.

Começa a se diferenciar pelo acabamento, usando cores específicas para a cabine, ou materiais como couro semi-anilina e alumínio. O volante de quatro aros remete ao Pajero 2006 e traz controles redesenhados. O Outlander ficou mais espaçoso nesta geração, com um entre-eixos de 2,706 metros, o que são 3,5 centímetros mais do que o antigo. Isso foi usado para ampliar o espaço para pernas nas duas primeiras fileiras de bancos.

A terceira fileira pode ser dividida em 50/50 para aumentar o espaço para bagagens, enquanto a segunda fileira tem o arranjo 40/20/40. Ambas podem ser rebatidas para criar um assoalho plano. A marca não revelou a medida em litros.

Sem correr riscos

Como era de se esperar, o Outlander 2022 oferece mais equipamentos de segurança de série do que o anterior, adotando a tecnologia da Nissan, mas com o nome diferente: MI Pilot Assist. Controle de cruzeiro adaptativo e assistente de permanência em faixa ajudam a reduzir a fadiga do motorista nas estradas. Também oferecerá assistente de congestionamento, parando o veículo e acelerando para seguir o trânsito se ficar parado por mais de 30 segundos.

A lista de itens é bem longa, com reconhecimento de placas de trânsito, farol alto automáticos, alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência, sensor de ponto cego e assistente ativo de permanência em faixa. A Mitsubishi não revelou todos os recursos, porém suspeitamos que ficará bem próximo do que está no X-Trail, contando com boa parte desses itens de série.

Galeria: Mitsubishi Outlander 2022

Para toda a família

O parentesco do Mitsubishi Outlander 2022 com o Nissan X-Trail poderia ser um problema, já que muda somente o design. O seu apelo estará nos 7 assentos de série, enquanto o modelo da Nissan tem capacidade somente para 5 pessoas. Ou seja, a fabricante está mirando nas famílias, principalmente aquelas com crianças pequenas que podem ficar mais confortáveis na última fileira de bancos. Outra aposta é no design mais agressivo.

Apesar da apresentação, a Mitsubishi ainda não revelou muitos detalhes sobre o carro, como seu preço para o mercado global, o que só será divulgado em abril, quando começará a ser vendido nos Estados Unidos. Já no caso do Brasil, a estreia só deve acontecer no ano que vem.

Ouça nosso podcast