Planta de Zárate, que já faz Hilux e SW4, é forte candidata a receber a produção do modelo

Atualmente responsável pela produção dos modelos Hilux e SW4 para abastecimento local e de toda a América Latina, a Toyota da Argentina considera fortemente a possiblidade de abrigar a fabricação de mais um veículo. Segundo a imprensa do país, há planos em andamento para nacionalização da van Hiace, oferecida localmente desde 2019 importada do Japão.

Os planos foram confirmados pelo próprio diretor de vendas e marketing da Toyota no país, Ignacio Limpenny, que disse: "O projeto continua e claro que a ideia é incluir todas as versões do Hiace que, por enquanto, estamos importando do Japão. Isso implica o pagamento de um imposto aduaneiro de 35%, que não seria necessário pagar com os benefícios da produção local".

Galeria: Toyota Hiace

A ideia é produzir a Hiace na mesma linha de montagem da Hilux e do SW4, tendo em vista a facilidade gerada a partir do compartilhamento de componentes. A van usa o mesmo motor 2.8 turbodiesel e o câmbio automático de 6 marchas dos utilitários. A oferta atual contempla as versões Hiace Commuter, Hiace Wagon e Hiace Furgão - ou seja, variantes para transporte de passageiros ou de carga.

Para viabilizar o projeto, a Toyota implementa atualmente uma estratégia de inserção mais significativa da Hiace no mercado. Em 2020, por exemplo, apenas 77 unidades foram vendidas no país. Para 2021, a meta é chegar a 1.000 unidades, apostando principalmente na oferta de preços mais competitivos. Se concretizada, a fabricação local também terá como foco mercados de exportação, como Chile e Peru.

No Brasil, ter a Hiace seria importante para a Toyota marcar posição no segmento e enfrentar concorrentes como Citroën Jumpy e Peugeot Expert. Aguardemos.

Toyota Hiace