Destaque nas lojas, marca coreana ainda teve o Creta como líder dos SUVs

O varejo foi o responsável por 55,99% dos 1.950.889 automóveis e comerciais leves emplacados no Brasil em 2020, contra 54,33% no ano anterior. Pelo 6º ano seguido a Chevrolet foi a líder na modalidade, com 20,19% do total. A Volkswagen (13,89%) manteve o 2º lugar, enquanto a Hyundai (11,55%) venceu a Fiat (11,42%) por pouco para assegurar lugar no pódio. Terceira em 2019, a Toyota (9,43%) caiu para o 5º lugar.

O Chevrolet Onix (101.096) também completou 6 anos no topo entre os automóveis, mas desta vez com vantagem um pouco menor sobre o Hyundai HB20 (69.420) – há um ano, a diferença entre os dois havia sido de quase 60 mil unidades. A 1ª novidade de 2020 foi a chegada do Chevrolet Onix Plus (53.864) ao pódio. O Ford Ka, com 43.420 unidades, repetiu o 4º lugar, mas desta vez sob ameaça do Fiat Argo (42.499).

Pódio no ano anterior, o Renault Kwid (36.321) recuou 3 posições, enquanto o VW Polo (35.159) deixou o top 5 em que esteve presente em 2018 e 2019. Único sedã médio no top 10, o Toyota Corolla (33.943) emplacou quase 83% de suas unidades através da modalidade. Em 9º, o Hyundai Creta (30.771) interrompeu uma liderança do Honda HR-V (29.349) entre os SUVs e crossovers que já durava 3 anos.

Hyundai Creta Smart Plus 2021
Chevrolet Tracker Premier 2021
BMW 320i GP 2020 (BR)

No 1º ano da nova geração, o Chevrolet Tracker (28.838) ficou à frente do VW T-Cross (22.129), este com mais de 63% de seus registros nas vendas diretas, e do VW Gol (20.657). Único novato entre os 50 primeiros, o VW Nivus (12.929) foi o 23º, vendendo mais do que a dupla da Renault - Sandero (12.866) e Duster (11.030) - e ficando próximo do Jeep Renegade (14.616).

Em 42º, o Caoa Chery Tiggo 2 (4.759) foi o único modelo com 100% de seus emplacamentos na modalidade. Representante premium da lista, o BMW 320i (4.156) foi o 44º colocado, vendendo mais do que o Citroën C4 Cactus (3.907) e o VW Jetta (3.804). Segurando o bastião de um segmento em decadência, o Chevrolet Cruze Sport6 (2.887) foi o único hatch médio da lista, em 49º. Em ano muito ruim, o Renault Captur (2.858) foi o último colocado do top 50.

Nova Toyota Hilux 2021 Motor1 (13)
Strada loja abre

Entre os comerciais leves, a Toyota Hilux chegou ao 5º ano consecutivo no topo, mas sem v: a vantagem superior a 11 mil unidades em 2019 sobre a Fiat Toro caiu para pouco mais de 1,5 mil (20.665 x 19.142). Terceira no ano anterior, a Chevrolet S10 (10.247) foi superada pela força da nova geração da Fiat Strada (12.881), 9ª colocada há um ano.

Na disputa por um lugar no top 5, a Ford Ranger (6.179) levou a melhor (por pouco) sobre a VW Amarok (5.846), 4ª colocada em 2018 e 2019. A Renault Duster Oroch, com 2.575 emplacamentos, ficou fora do top 10 pelo 2º ano seguido. Na 4ª colocação do ranking geral, a VW Saveiro (2.439) foi apenas a 14ª na modalidade.

 

Em dezembro

O varejo encerrou o último mês de 2020 representando 56,03% dos 232.814 automóveis e comerciais leves emplacados. Com 20,74% de participação, a Chevrolet manteve a ponta entre as montadoras, com a VW (13,69%) e a Hyundai (12,80%) na sequência. Fiat (11,97%) e Toyota (9,15%) completaram as 5 primeiras colocações.

Com o mesmo pódio pelo 5º mês consecutivo, Chevrolet Onix (12.483) e Hyundai HB20 (8.974) completaram 15 meses ocupando as 2 primeiras colocações, seguidos pelo Chevrolet Onix Plus (8.350), líder entre os sedãs com sobras – em 9º, o Toyota Corolla (3.918) registrou menos da metade. Com 4.936 unidades, o Ford Ka manteve a 4ª posição que sustenta desde outubro.

VW Nivus nas concessionárias

Na disputa pela 5ª posição, menos de 100 unidades separaram o Fiat Argo (4.790) do Renault Kwid (4.699). Com quase 2/3 de todas as suas unidades na modalidade, o Chevrolet Tracker (4.339) chegou ao 3º mês seguido como líder entre os SUVs e crossovers, mas com apenas 24 unidades de vantagem sobre o Hyundai Creta (4.315). Com 3.564 unidades, mais de 86% do seu total, o Nivus marcou presença no top 10 apenas pela 2ª vez e foi o SUV/crossover mais vendido da marca pela 3ª vez no ano – o T-Cross, com 3.082 unidades, foi o 13º.

E pelo 2º mês seguido a Caoa Chery emplacou seus 4 representantes no segmento entre os 50 primeiros, com o Tiggo 8 (628) à frente do Tiggo 2 (622). O Tiggo 2, aliás, foi um dos dois únicos modelos com 100% de seus registros no varejo – o outro foi o Mercedes Classe C (379), 43º. Além do sedã de Sttutgart, o BMW 320i (493), 38º, foi o outro representante de marca premium na lista.

Na disputa entre os comerciais leves, a Fiat Toro (3.606) chegou ao 3º mês seguido no topo com boa margem sobre a Toyota Hilux (2.560) e a Fiat Strada (1.775), esta última com mais de 82% de registros através de vendas diretas. Destaque também para a 4ª posição da VW Amarok (806) após briga acirrada contra a Chevrolet S10 (786).

 

Carros Mais Vendidos 2020 (Varejo)

POS. 

MODELO 

VAREJO 

% TOTAL 

2020 

1º 

CHEVROLET ONIX 

101.096 

74,69% 

135.351 

2º 

HYUNDAI HB20 

69.420 

80,21% 

86.548 

3º 

CHEVROLET ONIX PLUS 

53.864 

64,59% 

83.392 

4º 

FORD KA 

43.420 

64,33% 

67.491 

5º 

FIAT ARGO 

42.499 

64,45% 

65.937 

6º 

RENAULT KWID 

36.321 

73,41% 

49.475 

7º 

VW POLO 

35.159 

84,04% 

41.836 

8º 

TOYOTA COROLLA 

33.943 

82,64% 

41.072 

9º 

HYUNDAI CRETA 

30.771 

64,43% 

47.757 

10º 

HONDA HR-V 

29.349 

90,27% 

32.511 

11º 

CHEVROLET TRACKER 

28.838 

58,41% 

49.372 

12º 

FIAT MOBI 

26.134 

56,06% 

46.617 

13º 

VW T-CROSS 

22.129 

36,81% 

60.119 

14º 

VW GOL 

20.657 

29,03% 

71.151 

15º 

HYUNDAI HB20S 

19.190 

80,01% 

23.984 

16º 

VW FOX 

18.341 

89,99% 

20.382 

17º 

HONDA CIVIC 

18.340 

89,70% 

20.447 

18º 

TOYOTA YARIS HATCH 

18.267 

85,24% 

21.431 

19º 

NISSAN KICKS 

16.330 

44,82% 

36.433 

20º 

VW VIRTUS 

16.258 

52,65% 

30.880 

21º 

FORD ECOSPORT 

15.959 

66,41% 

24.031 

22º 

JEEP RENEGADE 

14.616 

25,70% 

56.865 

23º 

VW NIVUS 

12.929 

79,43% 

16.278 

24º 

RENAULT SANDERO 

12.866 

48,84% 

26.344 

25º 

RENAULT DUSTER 

11.030 

56,63% 

19.476 

26º 

FORD KA SEDAN 

10.455 

40,61% 

25.743 

27º 

FIAT CRONOS 

10.193 

63,06% 

16.165 

28º 

HONDA FIT 

9.975 

77,73% 

12.833 

29º 

JEEP COMPASS 

9.940 

18,77% 

52.966 

30º 

TOYOTA YARIS SEDAN 

9.435 

58,50% 

16.128 

31º 

HONDA WR-V 

9.303 

87,76% 

10.600 

32º 

CHEVROLET SPIN 

8.380 

53,51% 

15.661 

33º 

FIAT GRAND SIENA 

7.009 

64,56% 

10.857 

34º 

NISSAN VERSA 

6.996 

70,62% 

9.906 

35º 

TOYOTA ETIOS HATCH 

6.919 

79,54% 

8.699 

36º 

TOYOTA SW4 

6.905 

75,65% 

9.128 

37º 

VW TIGUAN 

6.395 

77,07% 

8.298 

38º 

VW UP 

5.996 

86,60% 

6.924 

39º 

CAOA CHERY TIGGO 5X 

5.929 

67,62% 

8.768 

40º 

CHEVROLET CRUZE SEDAN 

5.724 

65,03% 

8.802 

41º 

HONDA CITY 

4.870 

66,90% 

7.280 

42º 

CAOA CHERY TIGGO 2 

4.759 

100,00% 

4.759 

43º 

CHEVROLET EQUINOX 

4.493 

93,37% 

4.812 

44º 

BMW 320I 

4.156 

86,69% 

4.794 

45º 

CITROËN C4 CACTUS 

3.907 

41,01% 

9.526 

46º 

VW JETTA 

3.804 

65,63% 

5.796 

47º 

TOYOTA ETIOS SEDAN 

3.306 

62,28% 

5.308 

48º 

TOYOTA RAV4 

3.107 

96,46% 

3.221 

49º 

CHEVROLET CRUZE SPORT6 

2.887 

90,76% 

3.181 

50º 

RENAULT CAPTUR 

2.858 

26,29% 

10.870 

POS. 

MODELO 

VAREJO 

% TOTAL 

2020 

1º 

TOYOTA HILUX 

20.665 

63,79% 

32.394 

2º 

FIAT TORO 

19.142 

35,47% 

53.974 

3º 

FIAT STRADA 

12.881 

16,09% 

80.041 

4º 

CHEVROLET S10 

10.247 

38,47% 

26.639 

5º 

FORD RANGER 

6.179 

31,16% 

19.833 

6º 

VW AMAROK  

5.846 

55,06% 

10.617 

7º 

MITSUBISHI L200 

4.847 

51,13% 

9.480 

8º 

FIAT FIORINO 

4.459 

24,98% 

17.852 

9º 

HYUNDAI HR 

3.274 

78,89% 

4.150 

10º 

NISSAN FRONTIER 

2.936 

36,35% 

8.077 

11º 

VW / MAN EXPRESS 

2.732 

80,80% 

3.381 

12º 

RENAULT DUSTER OROCH 

2.575 

42,42% 

6.070 

13º 

KIA K2500 

2.451 

99,63% 

2.460 

14º 

VW SAVEIRO 

2.439 

7,88% 

30.965 

15º 

CHEVROLET MONTANA 

2.317 

34,82% 

6.654 

16º 

RENAULT MASTER  

2.082 

37,85% 

5.500 

17º 

IVECO DAILY 35-150 

1.316 

93,80% 

1.403 

18º 

MERCEDES-BENZ SPRINTER 416 

1.240 

99,68% 

1.244 

19º 

IVECO DAILY 30S13 

973 

94,37% 

1.031 

20º 

PEUGEOT EXPERT 

781 

40,05% 

1.950 

21º 

MERCEDES-BENZ SPRINTER 314 

767 

99,61% 

770 

22º 

FIAT DUCATO 

634 

17,03% 

3.723 

23º 

CITROËN JUMPY 

448 

28,37% 

1.579 

24º 

IVECO DAILY 35S14 

444 

67,37% 

659 

25º 

EFFA V21 

299 

99,34% 

301 

26º 

PEUGEOT PARTNER 

256 

29,22% 

876 

27º 

MERCEDES-BENZ SPRINTER 

219 

100,00% 

219 

28º 

PEUGEOT BOXER 

137 

36,73% 

373 

29º 

CITROËN JUMPER 

120 

43,96% 

273 

30º 

JAC V260 

118 

100,00% 

118 

31º 

EFFA V22 

114 

100,00% 

114 

32º 

FOTON AUMARK 1039 

92 

100,00% 

92 

33º 

IVECO DAILY 30-130 

91 

97,85% 

93 

34º 

MERCEDES-BENZ SPRINTER 313 

76 

98,70% 

77 

35º 

FOTON AUMARK 3.5-14DT 

52 

100,00% 

52 

36º 

IVECO DAILY 

47 

60,26% 

78 

37º 

RAM 2500 

41 

2,78% 

1.475 

38º 

MERCEDES-BENZ SPRINTER 415 

27 

100,00% 

27 

39º 

BYD T3 

19 

100,00% 

19 

40º 

FIAT DOBLÒ 

19 

10,27% 

185 

41º 

EFFA K01 

16 

100,00% 

16 

42º 

EFFA V25 

16 

100,00% 

16 

43º 

MERCEDES-BENZ VITO 

15 

100,00% 

15 

44º 

CITROËN BERLINGO 

11 

55,00% 

20 

45º 

MERCEDES-BENZ SPRINTER 515 

11 

100,00% 

11 

46º 

VW KOMBI 

100,00% 

47º 

EFFA K02 

100,00% 

48º 

IVECO DAILY 5516 

100,00% 

49º 

TOYOTA BANDEIRANTE 

50,00% 

10 

50º 

WILLYS OVERLAND 

100,00% 

51º 

FIAT UNO 

0,98% 

205 

52º 

RENAULT KANGOO 

0,00% 

66 

Fonte: Fenabrave

Galeria: Hyundai HB20 2020 (loja)