Pandemia causou estrago no mercado brasileiro, mas a queda foi menor do que se chegou a prever

Após três anos consecutivos com crescimento, as vendas de veículos novos sofreram um grande baque em 2020 em função da pandemia da Covid-19. De acordo com os números oficiais divulgados nesta terça-feira (05/01) pela Fenabrave, foram emplacadas no ano passado 1.950.889 unidades, 26,62% a menos do que em 2019.

A retração foi até menor do que o esperado (chegou-se a falar em 40% de queda no começo da pandemia). “Os principais fatores que influenciaram nessa melhora, principalmente, a partir do segundo semestre, foram a manutenção da taxa de juros, em um patamar baixo e o Auxílio Emergencial, oferecido pelo Governo Federal, que colaboraram para o aquecimento do comércio e para a baixa inadimplência.”, disse Alarico Assumpção Júnior, presidente da entidade.

Ainda segundo o executivo, ““o mercado só não foi melhor em função da crise enfrentada pelas montadoras, que tiveram problemas com falta de peças e componentes, além das regras para manter o distanciamento social nas unidades fabris”. A expectativa da Fenabrave é de que haja uma alta de 16,6% para o setor ao longo de 2021.

A Chevrolet completou 5 anos consecutivos na liderança entre as montadoras, com 17,4% de market share. As 338.549 unidades vendidas, no entanto, representaram quase 30% de retração sobre 2019. A vantagem sobre a vice-líder Volkswagen (327.683), superior a 61 mil unidades no ano anterior, caiu para menos de 11 mil. Distante das rivais no último ranking, a Fiat (321.836) se aproximou bastante graças aos bons resultados dos últimos meses.

Hyundai HB20 e HB20S 1.0 Turbo 2021

Com o pódio inalterado, a primeira alteração aconteceu na disputa pelo 4º lugar, com a Hyundai (167.443) vencendo a Ford (139.255) por boa margem. No G4 no ano passado, a Renault (131.624) registrou a maior queda entre as 10 primeiras (-45%) e foi superada pela Toyota (137.876). Em 8º, a Jeep (110.159) assegurou mais de 26 mil unidades de vantagem sobre a Honda (84.122) – em 2019, a diferença fora de pouco mais de 300 unidades.

A Nissan (61.005) completou o top 10 emplacando 3 vezes mais do que a Caoa Chery (20.089), dona da menor queda no período (-0,5%) – todas as marcas do top 20, aliás, perderam fôlego. Peugeot e Citroën ficaram separadas por apenas 1 unidade (13.477 x 13.476)!. Em 15º, a BMW (12.429) repetiu a liderança entre as marcas premium e a Volvo (7.701) encerrou 2020 à frente da Audi (6.953).

Em dezembro

Dezembro foi o melhor mês do ano, com 232.814 veículos novos registrados. O resultado, no entanto, ainda foi 7,53% pior do que o do mesmo período de 2019. Após três meses seguidos como líder e mesmo com um avanço superior a 17%, a Fiat (39.745) perdeu a posição de honra para a Chevrolet (42.214), com a VW (37.675) completando o pódio.

Strada loja abre

Confortável na 4ª posição, a Hyundai (21.235) também cresceu (+11,9%) – a outra marca no top 10 a também apresentar números positivos foi a Jeep (14.851, +28,2%). Destaque positivo para a Caoa Chery (3.179) e sua alta superior a 45%. Sem motivos para comemorar, a Citroën (872) foi apenas a 17ª, com queda de quase 62%.

POS. 

MARCA 

TOTAL 2020 

PART. 2020 (%) 

TOTAL 2019 

PART. 2019 (%) 

% VARIAÇÃO (2020/2019) 

1º 

CHEVROLET 

338.549 

17,35% 

475.684 

17,89% 

-28,83% 

2º 

VW 

327.683 

16,80% 

414.481 

15,59% 

-20,94% 

3º 

FIAT 

321.836 

16,50% 

366.135 

13,77% 

-12,10% 

4º 

HYUNDAI 

167.443 

8,58% 

207.656 

7,81% 

-19,37% 

5º 

FORD 

139.255 

7,14% 

218.527 

8,22% 

-36,28% 

6º 

TOYOTA 

137.876 

7,07% 

215.681 

8,11% 

-36,07% 

7º 

RENAULT 

131.624 

6,75% 

239.227 

9,00% 

-44,98% 

8º 

JEEP 

110.159 

5,65% 

129.463 

4,87% 

-14,91% 

9º 

HONDA 

84.122 

4,31% 

129.118 

4,86% 

-34,85% 

10º 

NISSAN 

61.005 

3,13% 

96.083 

3,61% 

-36,51% 

11º 

CAOA CHERY 

20.089 

1,03% 

20.182 

0,76% 

-0,46% 

12º 

MITSUBISHI 

17.317 

0,89% 

21.881 

0,82% 

-20,86% 

13º 

PEUGEOT 

13.477 

0,69% 

21.612 

0,81% 

-37,64% 

14º 

CITROËN 

13.476 

0,69% 

26.513 

1,00% 

-49,17% 

15º 

BMW 

12.429 

0,64% 

13.142 

0,49% 

-5,43% 

16º 

MERCEDES-BENZ 

9.188 

0,47% 

12.206 

0,46% 

-24,73% 

17º 

VOLVO 

7.701 

0,39% 

7.915 

0,30% 

-2,70% 

18º 

AUDI 

6.953 

0,36% 

8.707 

0,33% 

-20,14% 

19º 

KIA 

5.981 

0,31% 

9.274 

0,35% 

-35,51% 

20º 

LAND ROVER 

4.620 

0,24% 

5.875 

0,22% 

-21,36% 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

TOTAL 

1.950.889 

100,00% 

2.658.692 

100,00% 

-26,62% 

POS. 

MARCA 

DEZ 20 (A) 

PART. 

NOV 20 (B) 

% (A / B) 

DEZ 19 (C) 

% VARIAÇÃO (A / B) 

% VARIAÇÃO (A / C) 

1º 

CHEVROLET 

42.214 

18,13% 

39.220 

7,63% 

45.296 

7,63% 

-6,80% 

2º 

FIAT 

39.745 

17,07% 

39.457 

0,73% 

33.894 

0,73% 

17,26% 

3º 

VW 

37.675 

16,18% 

34.342 

9,71% 

41.087 

9,71% 

-8,30% 

4º 

HYUNDAI 

21.235 

9,12% 

18.036 

17,74% 

18.983 

17,74% 

11,86% 

5º 

FORD 

16.430 

7,06% 

14.906 

10,22% 

19.134 

10,22% 

-14,13% 

6º 

TOYOTA 

15.639 

6,72% 

14.812 

5,58% 

21.314 

5,58% 

-26,63% 

7º 

RENAULT 

15.236 

6,54% 

12.815 

18,89% 

23.840 

18,89% 

-36,09% 

8º 

JEEP 

14.851 

6,38% 

12.708 

16,86% 

11.586 

16,86% 

28,18% 

9º 

HONDA 

9.646 

4,14% 

8.931 

8,01% 

11.351 

8,01% 

-15,02% 

10º 

NISSAN 

6.136 

2,64% 

5.518 

11,20% 

9.747 

11,20% 

-37,05% 

11º 

CAOA CHERY 

3.179 

1,37% 

2.254 

41,04% 

2.190 

41,04% 

45,16% 

12º 

PEUGEOT 

1.939 

0,83% 

1.858 

4,36% 

1.583 

4,36% 

22,49% 

13º 

MITSUBISHI 

1.515 

0,65% 

1.773 

-14,55% 

1.846 

-14,55% 

-17,93% 

14º 

BMW 

1.478 

0,63% 

1.202 

22,96% 

1.484 

22,96% 

-0,40% 

15º 

VOLVO 

924 

0,40% 

1.033 

-10,55% 

980 

-10,55% 

-5,71% 

16º 

MERCEDES-BENZ 

905 

0,39% 

760 

19,08% 

1.238 

19,08% 

-26,90% 

17º 

CITROËN 

872 

0,37% 

1.189 

-26,66% 

2.292 

-26,66% 

-61,95% 

18º 

AUDI 

705 

0,30% 

686 

2,77% 

839 

2,77% 

-15,97% 

19º 

KIA 

455 

0,20% 

587 

-22,49% 

676 

-22,49% 

-32,69% 

20º 

VW / MAN 

313 

0,13% 

334 

-6,29% 

-6,29% 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

TOTAL 

232.814 

100,00% 

214.260 

8,66% 

251.775 

8,66% 

-7,53% 

Fonte: Fenabrave

 

Galeria: Chevrolet Tracker Premier 2021 na concessionária