Justin Lin, diretor do 9, está em negociação para liderar os agora confirmados 10 e 11

Considerada uma das franquias mais lucrativas da história da Universal, Velozes e Furiosos parece já ter data marcada para chegar ao fim cerca de 20 anos depois do lançamento do primeiro filme. De acordo com a imprensa norte-americana, a saga que narra a história da família de Dominic Toretto terá mais dois filmes lançados nos próximos e, depois disso, será finalmente encerrada.

As duas sequências, o 10ª e a 11ª na história da franquia, terão direção de Justin Lin, que já dirigiu os filmes 3, 4, 5, e 6, além do mais recente, o 9, que tem estreia programada para maio de 2021. Detalhes ainda são desconhecidos, mas tudo indica que o estúdio investirá pesado e apostará no encerramento da saga como estratégia para superar Vingadores: Ultimato.

Galeria: Velozes e Furiosos Live

Enquanto isso, todas as expectativas se concentram na estreia do Velozes e Furiosos 9, que terá no elenco Vin Diesel, John Cena, Charlize Theron, Michelle Rodriguez, Jordana Brewster, Tyrese Gibson, Ludacris e Helen Mirren. O novo filme também deve se aprofundar na família "desconhecida" de Toretto, com seu irmão mais novo e malvado, Jakob. Além disso, trailers já adiantaram o retorno de Han, personagem que morreu no terceiro filme da série.

Velozes e Furiosos foi lançado em 2001 deu origem a mais sete sequências e um spin-off. A franquia, protagonizada por Vin Diesel, ostenta no currículo a terceira maior abertura da história do cinema com Velozes e Furiosos 8, que faturou aproximadamente US$ 542 milhões no primeiro final de semana. Ao todo, a saga já rendeu à Universal mais de US$ 6 bilhões só em bilheteria.