Embora seja chamado de carro pela Toyota, faltam rodas, mas é um grande feito

O projeto mais recente de carro voador do Japão foi anunciado em maio de 2017, com o objetivo de usar o modelo para acender a Tocha Olímpica das Olímpiadas de Tóquio 2020. Como o evento foi adiado para 2021 por causa da pandemia, isso deu mais um ano para que os engenheiros da Toyota possam finalizar o projeto. A boa notícia é que já fizeram o primeito teste real com a máquina na semana passada.

Em um comunicado de imprensa, a divisão SkyDrive da Toyota, voltada para o desenvolvimento deste veículo, disse que fez um vôo de demonstração do SD-03 no dia 25 de agosto, na pista de testes da Toyota de 10 mil m². Isso faz com que seja a primeira demonstração pública de um veículo deste tipo na história do Japão.

Toyota flying car

“Estamos extremamente animados em alcançar o primeiro vôo tripulado de um carro voador do Japão em dois anos desde que fundamos a SkyDrive em 2018, com o objetivo de comercializar este tipo de veículo", comenta Tomohiro Fukuzawa, CEO da SkyDrive. "Nós almejamos levar nosso experimento social para o próximo nível em 2023 e, para isso, iremos acelerar nossos desenvolvimentos de tecnologia e de negócio.”

De acordo com as informações divulgadas pela empresa, a máquina voadora circulou a área por cerca de quatro minutos e foi controlada por um operador, auxiliado por um computador. A SkyDrive diz que "a nave foi desenhada para o menor veículo do mundo com sistema elétrico de decolagem e pouso vertical (eVTOL)" e, para nós, essa descrição deixa claro que não é um carro, mas sim um pequeno avião.

A construção da máquina inclui oito motores elétricos que movem rotores em quatro posições. A SkyDrive ainda diz que planeja fazer mais vôos de testes neste ano e que a empresa pretende até fazer algumas provas fora do campo de testes da Toyota no final de 2020.