Versão troca motor V6 por V8 e supera os 280 km/h de máxima

Lançado no Brasil em novembro passado, o Porsche Cayenne Coupé estava devendo mais versões, já que era oferecido somente nas variantes V6 e Turbo E-Hybrid. Para complementar a oferta, a marca faz a estratégia oposta desta vez, com uma versão mais cara para o SUV na variante não-eletrificada e uma mais acessível para o híbrido. O Cayenne Turbo Coupé será vendido por R$ 789 mil, enquanto o E-Hybrid Coupé custa R$ 495 mil.

Na versão Turbo, o Porsche Cayenne Coupé troca o motor V6 3.0 V6 turbo de 340 cv e 45,9 kgfm pelo 4.0 V8 de 550 cv a 5.750 rpm e 78,5 kgfm a 1.950 rpm. O efeito na aceleração é bem claro, pois o V6 levava 6 segundos para chegar aos 100 km/h, enquanto o V8 reduz este tempo para 3,9 segundos. A velocidade máxima é de 286 km/h. Continua com um câmbio automático de 8 marchas e tração integral.

Galeria: Porsche Cayenne Coupé Turbo 2019 - Avaliação

A Porsche não divulgou a lista de equipamentos, mas podemos esperar por tudo o que já aparece no Cayenne Coupé V6, como seletor de modos de condução com função off-road, suspensão ativa, controle de largada, central multimídia com tela de 12” e muito mais. Alguns itens que eram opcionais, como o controle de cruzeiro adaptativo, devem ser oferecidos de série na variante Turbo.

No caso do Cayenne Coupé E-Hybrid, a marca fez o caminho oposto. A versão Turbo já era oferecida, com o V8 com sistema híbrido de 680 cv, enquanto esta variante utiliza o 3.0 V6 de 340 cv, alcançando os 462 cv de potência combinada com o motor elétrico. Segue com baterias de 14,1 kWh, que entregam uma autonomia elétrica de até 44 km e que precisa de três horas para uma recarga completa em um carregador rápido (ou oito horas em uma tomada normal). Se utilizar os dois motores juntos, o SUV acelera de 0 a 100 km/h em 5 segundos, enquanto a velocidade máxima é de 253 km/h.

Fotos: divulgação