Clientes falam que o odor aparece somente nas versões com bancos em couro Nappa

A Hyundai, aproveitando a popularidade dos SUVs, trocou o Santa Fe XL de sete lugares por um novo carro, o Palisade. Lançado em 2020, ele trouxe um visual novo para a empresa, mas parece enfrentar um problema bem fedido. Os proprietários estão relatando que, quando o cheiro de carro novo começa a sumir, ele é substituído por um odor bem desagradável. Até mesmo o pessoal do site Cars.com notou isso em uma unidade que está fazendo um teste de longa duração e descreve o problema como uma mistura de "um forte cheiro químico com um pouco de alho ou algo podre." Isso obrigou a Hyundai a investigar o caso, como revela o The Drive.

Mesmo que a Hyundai esteja tentando descobrir o motivo, ainda não se sabe o que está causando esse cheiro. A fabricante disse ao The Drive que a investigação "inclui identificar e validar uma solução." Então, no momento, a Hyundai também não sabe a razão. Quando encontrar uma solução, a marca irá disparar um boletim com instruções de como proceder. Como o site revela, os donos do Palisade estão apontando para o acabamento em couro Nappa como o responsável, pois os modelos com bancos de tecido não estão apresentando o mau odor.

Galeria: Hyundai Palisade 2020 - Primeiras impressões

A investigação do Cars.com sobre a origem do cheiro não conseguiu chegar a uma conclusão, embora tenha causado diversas discussões entre os membros do site. Alguns donos dizem que o cheiro vem dos apoios de cabeça, enquanto outros dizem que é o banco inteiro. Os veículos de hoje em dia usam um monte de solventes, produtos de limpeza e outros produtos químicos, o que pode ter causado o problema. Porém, há um ponto em comum em todas as reclamações: o cheiro só aparece depois de alguns milhares de quilômetros rodados.

Até junho, a Hyundai vendeu pouco mais de 36 mil unidades do Palisade. Enquanto beleza é algo subjetivo, a Hyundai apostou em um visual bem ousado para o crossover, o que deu certo e atraiu muitos clientes. Porém, o problema do cheiro está estragando a experiência e pode atrapalhar as vendas. Afinal, o Palisade é o modelo mais caro da empresa nos EUA e isso não é o que se espera de um modelo de luxo.

Fotos: divulgação