Modelo oferece ampla capacidade off-road, tração 4x4 com reduzida e capota removível

Produzido durante aproximadamente 10 anos sem grandes alterações, o jipe Thar, da Mahindra, acaba de mudar completamente de geração na Índia. Batizado em homenagem ao mais famoso deserto do país, o modelo incorpora avanços importantes em termos estéticos, tecnológicos e de conforto, mas mantém intacta a ampla capacidade off-road que lhe deu fama no mercado.

À primeira vista, é impossível não lembrar do icônico Jeep Wrangler, seja pelo formato da carroceria, seja pelo layout geral da cabine. Apenas a carroceria de duas portas será oferecida, mas a Mahindra esclarece que, dependendo da configurarão escolhida, é possível levar quatro ou até seis pessoas (esta última possui dois pequenos bancos adicionais instalados no porta-malas). A capota é rígida e, assim como no Wrangler, pode ser removida para adeptos de aventuras ao ar livre.

Galeria: Mahindra Thar 2021

Mecanicamente, o destaque fica por conta da oferta de dois diferentes motores: um 2.0 a gasolina de 150 cv e um 2.2 turbodiesel de 130 cv. Independentemente da escolha da motorização, o câmbio pode ser manual ou automático - sempre com 6 marchas. A tração é 4x4 com reduzida e acionamento por alavanca, bem ao estilo off-road tradicional.

Para quem curte trechos alagados, a capacidade de imersão é de 66 cm. Outras medidas incluem entre-eixos de 2,45 metros, distância do solo de 22,6 cm, ângulo de entrada de 41,8 graus, ângulo de saída de 36,8 graus e ângulo de rampa de 27 graus.

O interior é simples, mas traz alinhamento tecnológico com lançamentos recentes, principalmente em termos de entretenimento e conectividade. Há central multimídia com tela de 7 polegadas, conexão com Apple CarPlay e Android Auto, bússola digital, indicador de ângulo de inclinação, alto-falantes no teto, entradas USB, entre outros itens. As versões mais caras contam com ESP e airbags frontais. Até o momento o lançamento está confirmado apenas para a Índia.

Fotos: divulgação

Fotos: Divulgação