Crossover deve ganhar uma versão elétrica chamada iX1

O BMW X1 reestilizado fez sua estreia em 2019 e agora marca bávara já inicia os testes da próxima geração do seu crossover de entrada, que deve chegar em 2021. Como esperado, ele aparece ainda bem camuflado, porém podemos notar algumas das mudanças no visual, como a grade menor do que a fabricante está usando em seus últimos modelos, como o Série 4. Esta unidade em especial está rodando com um protótipo do elétrico iX3.

Neste momento, a BMW não nos deixa ver a dianteira por completo. No entanto, é possível ver que a grade não será tão larga por conta da entrada de ar no para-choque e a posição da placa de identificação. Ao invés de ter um layout praticamente horizontal, as luzes parecem seguir os vincos em direção às portas. O crossover também parece um pouco mais alto que o atual.

Não é fácil ver o que os designers da BMW estão fazendo com a lateral do novo X1. Não já qualquer evidência de vincos ou outros detalhes na carroceria. Até as janelas traseiras estão camufladas, indicando que tem algo na parte de trás que a empresa não quer mostrar ainda.

Galeria: Novo BMW X1 - Flagra

Na traseira, há um spoiler consideravelmente grande sobre o teto e com uma terceira luz de freio embutida. O tamanho do vidro parece ser bem pequeno verticalmente. Embaixo da janela está um degrau bem proeminente da tampa do porta-malas e aparenta ter parte das lanternas. O resto das luzes percorre até a lateral. Não há nenhum corte no para-choque para mostrar a saída do escapamento.

Como trata-se do primeiro flagra do novo BMW X1, os detalhes sobre a mecânica ainda são um mistério. Podemos esperar pelos menores motores da marca, como o 1.5 de três cilindros e o 2.0 de quatro cilindros, ambos turbo e alguns deles com sistemas eletrificados, incluindo versões híbridas plug-in. Além disso, o SUV deve receber uma inédita variante puramente elétrica chamada iX1, com um design levemente diferente.