Variante cupê do Série 3 ganha personalidade própria, mas divide opiniões

Em 2014 quando a carroceria cupê do BMW Série 3 passou a ter uma designação própria, Série 4. A segunda geração do modelo está sendo apresentada agora e traz uma dinâmica própria, se separando ainda mais do Série 3, além de se afastar também em design, com a polêmica grade dianteira de dimensões bastante, digamos, fora do normal. Apesar da apresentação, seu lançamento global acontece em outubro, chegando ao Brasil em 2021. 

Em medidas, o novo Série 4 tem 4.775 mm de comprimento (55 mm a mais que o Série 3), 1.851 mm de largura, 1.386 mm de altura e 2.850 mm de entre-eixos (o mesmo do sedã). Ou seja, ele cresceu 132 mm no comprimento, 25 mm na largura, 10 mm na altura e 40 mm no entre-eixos, além as bitolas dianteira e traseira terem ficado maiores, o que melhora a dirigibilidade. Já o coeficiente aerodinâmico foi reduzido de 0,29 para notáveis 0,25.

Em termos visuais, ele é um legítimo coupé, com capô longo, caixas de rodas destacadas e portas sem as molduras dos vidros. Na dianteira, temos a já citada grade com desenho tridimensional, que pode ter acabamento cromado, preto ou cinza, dependendo da versão, acompanhando faróis full-LED com luzes diurnas em duplo U de série. Enquanto o M440i tem o bodykit M, há um pacote opcional para colocá-lo nas demais versões. No interior, vemos semelhanças com o Série 3, com um console central dividindo os dois ambientes, e o espaço traseiro para dois ocupantes. 

BMW Série 4 Coupé 2020
BMW Série 4 Coupé 2020

A suspensão do Série 4 tem calibração própria, com amortecedores adaptativos, além de uma estrutura mais rígida que a do Série 3. Apesar de preservar o prazer ao dirigir, não esqueceu do conforto e trabalha conforme o modo de condução selecionado - já tivemos o primeiro contato com o Série 4 ainda camuflado. Sob o capô, o 430i (com xDrive, sistema de tração integral sob demanda, opcional), tem o motor 2.0 turbo (B46) com 258 cv e 40.6 kgfm de torque, enquanto o M40i tem o 3.0 6-cilindros em linha turbo (B58) com 387 cv e 51 kgfm de torque, este com o sistema híbrido-leve de 48 volts. O câmbio é sempre o automático de 8 marchas, este revisado para trocas mais rápidas e com controle de largada em todas as versões. 

BMW Série 4 Coupé 2020

Quanto às tecnologias, o novo Série 4 traz o pacote completo de assistências ao condutor, com assistente de faixa ativo, alerta de colisão frontal, detector de ponto-cego e alerta de tráfego traseiro, além dos opcionais piloto automático adaptativo com função de tráfego e sistema autônomo nível 2. Também traz o sistema de estacionamento automático com câmeras 3D. 

Fotos: divulgação

Galeria: BMW Série 4 Coupé 2020