Hatchback teve somente 65 unidades comercializadas neste ano no mercado vizinho

O Volkswagen Fox deu o seu adeus ao mercado argentino, encerrando suas vendas no país vizinho. Seria este um sinal sobre o futuro do hatchback? Segundo o site Argentina Autoblog, o modelo já foi retirado do site da marca, mas os concessionários ainda têm estoque da versão Connect manual, comercializada por 1,2 milhão de pesos (R$ 102.360 pela cotação atual). Produzido em São José dos Pinhais (PR), ele é vendido em duas versões no Brasil, com preços entre R$ 51.990 e R$ 57.290.

Enquanto no Brasil o Volkswagen Fox ainda consegue um bom número de clientes para a marca, com 38.484 unidades vendidas ao longo de 2019 (mais do que o Toyota Yaris), sua carreira na Argentina já não ia tão bem. Os números oficiais no país vizinho mostram que ele fechou o ano passado com 1.672 unidades emplacadas, o pior resultado desde o seu lançamento por lá, em 2005.

Galeria: Volkswagen Fox Xtreme e Fox Connect

Os dados de emplacamentos também revelam que a Volkswagen já pretendia mesmo acabar com o veículo por lá. Teve apenas 65 unidades emplacadas até abril, o que indicava que estava trabalhando com o fim do estoque. E não é possível dizer que é culpa do coronavírus, já que a Argentina só iniciou o quarentena no dia 15 de março, passando para o fechamento total do país no dia 21 de março.

Isto significa que o carro irá sair de linha do Brasil? Normalmente, seria um bom indicativo, mas com o congelamento do projeto do novo Gol, a Volkswagen pode ter revisto os planos para mantê-lo na linha por mais um tempo enquanto não pode investir em novos modelos. Pablo Di Si, presidente da marca no Brasil, afirmou ao jornal O Tempo em uma live que o Fox e o Up! continuarão em linha, e que prevê um aumento nas vendas dos modelos de entrada - com a pandemia, há expectativa de que as pessoas queiram fugir do transporte público.

Lançado em 2003, o Volkswagen Fox foi desenvolvido totalmente no Brasil, posicionado na época entre o Gol e o Polo. Logo conquistou o público e deu origem a duas variantes: o aventureiro CrossFox e a perua SpaceFox. Passou por duas reestilizações, uma em 2009 e outra em 2014. Teve sua linha simplificada em 2017, quando perdeu a variante CrossFox e passou a ser vendido nas duas versões disponíveis atualmente, Connect e Xtreme. Já a perua SpaceFox teve sua produção encerrada no começo de 2019, justamente na Argentina.