Fábrica da PSA na Argentina tem retorno marcado para 26 de maio, se o governo deixar

A Peugeot tem tudo pronto para começar a produção do 208 de nova geração na planta de El Palomar, na Argentina, a partir do dia 26 de maio. Se confirmada a intenção, as vendas começariam em agosto no país vizinho - e logo em seguida no Brasil. Pelo menos é o que planeja Gabriel Cordo Miranda, CEO do Grupo PSA Argentina, que conversou com nossos colegas do Argentina Autoblog. Acontece, porém, que tudo isso dependerá dos governos federal e de Buenos Aires para poder retomar a produção após a parada por conta da pandemia. 

Antes do surto do novo coronavírus, a Peugeot acelerava para lançar o novo 208 na região ainda neste primeiro semestre. Afinal, a marca do leão corre contra o tempo para voltar a ter um produto atraente e competitivo para disputar o segmento dos hatches compactos, ainda o mais importante em termos de volume tanto no Brasil quanto na Argentina.

O carro em si está pronto. É uma variação levemente simplificada do 208 europeu (tem freio de estacionamento por alavanca em vez de eletrônico, por exemplo), mas que conserva praticamente todo o design externo e interno, com direito ao painel digital de efeito 3D. Flagras do modelo na região mostraram inclusive as diferentes versões que o modelo deve ter no lançamento: Like, Active, Allure e Griffe, todas a princípio com o conhecido motor 1.6 flex do 208 atual - que, por sinal, já deixou de ser produzido em Porto Real (RJ), contrariando as expectativas de que poderia ser mantido como versão de entrada. 

Novo Peugeot 208 Allure - Flagra

O motor 1.6 rende, no 208 atual, 118 cv de potência e 16,1 kgfm de torque com etanol, podendo ser pareado ao câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 relações. A baixa fica por conta do motor 1.2 de 3 cilindros, que já tinha deixado de ser ofertado no 208 "antigo". Há expectativa, porém, que mais adiante seja lançado o novo 208 GT Line, versão topo de linha, com o motor 1.2 turbo de cerca de 130 cv, sempre ligado ao câmbio automático de 8 marchas. Para complementar, a PSA já avisou que vai importar o e-208, versão 100% elétrica do hatch. Mas, a essa altura do campeonato e com dólar disparado, não espere que isso aconteça ainda neste ano. 

Para 2021, por sinal, a Peugeot tem uma outra grande atração para o mercado brasileiro: a picape média Landtrek, que virá buscar seu espaço entre Hilux, Ranger, S10 e companhia, apostando no estilo e no interior arrojado, com toques de 3008. 

Fotos: Argentina Autoblog   

Galeria: Novo Peugeot 208 Allure - Flagra