SUV é forte candidato para concorrer com Toyota RAV4 Hybrid

A estratégia global da Ford é focar em veículos de maior sucesso e rentabilidade. Isso pode ser resumido a novos SUVs e picapes. Para o Brasil, a Ford já anunciou o Territory como seu novo SUV médio de volume, mas ele será só o começo.

Revelado ao mundo nos primeiros meses deste ano, a nova geração do Escape surgiu propondo uma renovação em estilo, em plataforma e conjuntos propulsores. Por aqui, o Escape pode chegar para brigar em um andar acima do Territory sem invadir a faixa de preços do Edge.

Assim, além de ampliar a oferta de SUVs no Brasil, o novo Escape também deve ser a nova geração de híbridos da Ford por aqui, iniciando uma nova fase em sua linha de veículos eletrificados. O fato ainda se justifica pela carga de impostos mais baixas aplicadas aos veículos híbridos e elétricos, o que torna o Escape Hybrid um dos possíveis lançamentos da Ford no Brasil em 2020.

Ao lado do novo Mustang Mach E, o Ford Escape Hybrid é uma das atrações da marca no Salão do Automóvel de Los Angeles. É equipado com um motor 2.5 aspirado de ciclo Atkinson e dois elétricos, que juntos geram 200 cv combinados. Há uma versão plug-in e uma híbrida normal. Ainda não se sabe se tomará o lugar do Fusion Hybrid, mas é um provável acontecimento, já que o sedã teve o seu fim de linha decretado pela marca.

Por aqui, o novo Ford Escape Hybrid chegaria para brigar diretamente com o Toyota RAV4 Hybrid, que mesmo importado e faixa de preços na casa dos R$ 172 mil vende muito bem, e o futuro Honda CR-V Hybrid. Por outro lado também será uma opção aos modelos a combustão tradicionais, como o  Peugeot 3008 e Volkswagen Tiguan, por exemplo, deixando a briga com o Jeep Compass a cargo do Territory, um modelo com posicionamento abaixo do Escape tanto em termos de preços como espaço e equipamentos.  

Vídeo: Fábio Trindade, de Los Angeles - Estados Unidos
Viagem a convite de Ford do Brasil