Configuração Sense tem motor 1.0 turbo de 128 cv e câmbio automático de 6 marchas

Quem queria o Volkswagen T-Cross mas esperava por uma versão que pudesse aproveitar todas as isenções para Pessoas com Deficiência (PCD) já pode comemorar. A marca começa a oferecer o T-Cross Sense, versão exclusiva para a modalidade e que reduz o preço do carro, já com todos os benefícios, para R$ 57.629,40 – uma bela redução comparado aos R$ 94.490 do T-Cross 200 TSI automático.

Galeria: Volkswagen T-Cross 200 TSI AT

O Volkswagen T-Cross Sense usa como base o 200 TSI, a versão mais barata da linha, mas na opção com câmbio automático. A lista de equipamentos é bem próxima, com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), ar-condicionado, direção elétrica, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, travas e vidros elétricos, retrovisores com ajuste elétrico, computador de bordo, Isofix, central multimídia Composition Touch com tela de 6,5 polegadas, volante multifuncional com ajuste de altura e profundidade, rodas de liga leve de 16” e mais. Os únicos itens que estão faltando é o sensor de estacionamento e o apoio de braço central.

A mecânica é exatamente a mesma, com o 1.0 turbo de três cilindros, que gera 128 cv a 5.500 rpm e 20,4 kgfm de torque a 2.000 rpm. A versão para PCD estará disponível somente com o câmbio automático de 6 marchas. O teste instrumentado feito por Motor1.com mostra que ele acelera de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos, enquanto o rendimento é de 8,2 km/litro na cidade e 11,7 km/litro na estrada, com etanol.

Volkswagen T-Cross 200 TSI AT
Volkswagen T-Cross 200 TSI AT

Na versão Sense, o Volkswagen T-Cross será oferecido na cor metálica Prata Sargas e nas sólidas Branco Puro e Preto Ninja. Manteve as três revisões grátis oferecidas no resto da linha do crossover. Embora a marca ainda não anuncie o modelo em seu sites, muitos concessionários já começaram a aceitar encomendas, com entregas previstas para este mês.