Marca trabalha na homologação dos três como opções eletrificadas da linha; lançamento será em 2020

A onda de eletrificação trouxe aos importadores a chance de ter em seu catálogo modelos híbridos e elétricos no Brasil. A Kia não ficará fora disso e deverá ofertar por aqui praticamente todas as opções eletrificadas que oferece, por exemplo, nos Estados Unidos. 

Durante o lançamento do Kia Cerato 2020, aproveitamos para conversar com Ary Jorge Ribeiro, diretor de vendas da marca no Brasil. Ele confirmou que a Kia já trabalha na homologação do crossover Niro e do sedã grande Optima nas versões híbridas, além do Soul 100% elétrico. Este último inclusive será da nova geração e, diferentemente dos modelos anteriores, não terá a opção a combustão por aqui. 

Kia Niro Hybrid, Optima e Soul EV

O Niro nasceu híbrido. Usa o conjunto de motor 1.6 de 105 cv mais um elétrico de 43 cv, gerando 140 cv combinados. Apesar de ter a opção plug-in e totalmente elétrica, a Kia do Brasil acredita que a melhor opção é a híbrida carregada pelo motor a combustão, independente da rede elétrica urbana, e deve ser a principal aposta da marca para 2020 ao unir as características de um crossover com a motorização híbrida.

O Optima já é conhecido dos brasileiros, mas deve marcar seu retorno como híbrido. Usa motor 2.0 de 156 cv ligado ao elétrico de 51 cv, gerando combinados 194 cv. Também será apenas híbrido, já que não tem nem opção de totalmente elétrico ou plug-in. 

Kia Niro Hybrid, Optima e Soul EV

Já o Kia Soul EV virá em nova geração, com motor de 204 cv e autonomia de cerca de 390 km. A Kia reforça que os três modelos chegarão ao país apenas em versões híbridas (ou elétrica no caso do Soul) e não serão vendidos nas versões apenas a combustão. 

O lançamento dos três modelos acontecerá em 2020. 

Fotos: arquivo Motor1.com

Galeria: Kia Niro Hybrid, Optima e Soul EV