Compradoras se sentem mais protegidas e seguras ao olhar o trânsito do alto, diz pesquisa da marca inglesa

Durante o processo de desenvolvimento de seu primeiro SUV, o DBX, a Aston Martin realizou diversas pesquisas para entender o comportamento do consumidor dessa categoria e descobriu um dado curioso sobre as mulheres.

De acordo com os estudos da marca, o público feminino apresenta maior sentimento de desejo por modelos utilitários do que os homens, tendo participação considerável no processo de crescimento vivido por esse mercado nos últimos anos. A explicação está na sensação de segurança e proteção que os SUVs oferecem às mulheres, evidenciada em grande parte pela posição de dirigir mais elevada que amplia o campo de visão ao volante.

Galeria: Aston Martin DBX (Protótipo)

Chefe de marketing global da Aston Martin, Simon Sproule explica que os SUVs são obviamente atraentes para ambos os sexos, mas que os chamados crossovers (de apelo visual mais ousado e perfil mais urbano) despertam de maneira mais significativa o interesse das mulheres.

Enquanto isso, veículos como Ford Bronco, Mercedes Classe G e Jeep Wrangler têm público formado majoritariamente por homens. Sproule explica ainda que as mulheres concentram 80% das decisões de compra de carros em todo o mundo e acrescenta que "logicamente essa preferência tem um impacto substancial no mercado".

Sobre o DBX, a marca divulgou poucos detalhes, mas adiantou que terá o design típico dos demais modelos da empresa e atributos necessários para encontrar sucesso no mercado de luxo. O lançamento está programado para acontecer ainda neste ano, provavelmente em novembro, no Salão de Los Angeles.

Fonte: Motoring