Além da esperada versão híbrida flex, motor 2.0 ganhará injeção direta

O lançamento do novo Toyota Corolla nacional acontecerá em outubro. E, além da aguardada versão híbrida flex, o sedã também ganhará injeção direta no motor 2.0, já alinhado à plataforma TNGA e visando a melhoria de rendimento energético exigida pelo programa Rota 2030. As informações foram ouvidas pela nossa reportagem durante o lançamento do novo RAV4, que acontece nesta semana em Buenos Aires, Argentina. 

Como já sabido anteriormente, nosso Corolla vai seguir o visual do modelo europeu. Mas a motorização será a do norte-americano, onde o modelo já é vendido com o 2.0 de injeção direta movido a gasolina. Por lá, rende 170 cv, potência que poderá ser até maior aqui devido ao sistema flex para trabalhar também com etanol. Este propulsor vai equipar as versões de entrada e intermediária, que hoje equivaleriam à GLi e XEi. 

Toyota Corolla Hybrid 2019

A mais cara, equivalente a Altis, deverá ser a responsável por fazer a estreia do sistema híbrido flex pela primeira vez no mundo. Trata-se de uma evolução do conjunto propulsor do Prius, que rende 122 cv na combinação do motor 1.8 a combustão com o elétrico. O Corolla poderá render até mais do que isso, mas o foco será no rendimento. Segundo ouvimos durante a fase de desenvolvimento, a meta da Toyota era que o Corolla híbrido fosse mais eficiente com etanol do que o Prius com gasolina. 

Mecânica à parte, o Corolla 2020 adota a plataforma TNGA, a mesma do Prius e do novo RAV4. Cresceu de 4,62 metros para 4,63 m, enquanto a largura passou de 1,77 m para 1,78 m. O entre-eixos manteve os 2,70 m. Também ficou mais baixo, reduzindo de 1,47 m para 1,43 m. Até o porta-malas é praticamente igual, com 471 litros (o atual conta com 470 l).

Toyota Corolla Hybrid 2019

O interior ficou muito mais limpo e moderno – tiraram até mesmo o clássico relógio digital. Terá tela flutuante para a central multimídia e um quadro de instrumentos com um display de 7” cercado por contadores analógicos. Até mesmo o volante mudou, ganhando desenho mais esportivo e botões novos. Também há freio de estacionamento elétrico no lugar da velha alavanca. 

Com reportagem de Nicolas Tavares, de Buenos Aires, Argentina

Viagem a convite da Toyota do Brasil

Fotos: divulgação

Galeria: Toyota Corolla Hybrid 2019